Membros do Sindjuf-PA/AP participaram nessa segunda-feira (27) de uma reunião do Comitê Gestor do TRE-AP para tratar sobre o retorno dos servidores às suas atividades.

Após analisar as perspectivas nada favoráveis das taxas de contaminação do Covid-19, o Comitê decidiu que ainda não há previsão para o retorno das atividades que continuarão sendo realizadas em casa. Caso seja de extrema necessidade o trabalho presencial de alguns servidores deve-se manter os cuidados sanitários recomendados pelas autoridades de saúde, respeitando o uso de máscaras e o distanciamento mínimo de 2 metros.

O retorno ao trabalho precederá de indicação da queda da curva de contágio da doença no país.

Enquanto os servidores não voltam ao expediente presencial, algumas medidas já serão tomadas, como: a aquisição de máscaras; separação das estações de trabalho e desinfecção dos ambientes através de empresa especializada.

“A ideia é distanciar as unidades que ficam muito próximas, a exemplo da SEJUD. A ideia é “espalhar” os servidores em outras dependências, como a sala de audiências de modo que não fiquemos aglomerados. A SAMO irá providenciar uma pesquisa junto aos servidores, pela ferramenta Google, a fim de coletar outras ideias de prevenção que possamos adaptar à nossa realidade. ”, conta a coordenadora do Sindjuf-PA/AP Mara Ruth Shariff que participou da reunião.