Nas duas últimas semanas, foram contabilizadas mais duas mortes. Em matéria divulgada, o STF informa 64 casos de contágio pelo Novo coronavírus na instituição

Na última semana, o estado de Mato Grosso registrou oficialmente a primeira morte por Covid -19. O oficial de justiça, Eliseu Rangel Soares de 53 anos faleceu no dia 19 de julho. O servidor era lotado no Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ/MT) e trabalhava em Primavera do Leste, cidade que fica a 235 km da capital, Cuiabá. O servidor ainda lutou durante onze dias contra a doença. No dia 27 de julho o Judiciário Federal no estado da Bahia registrou também o primeiro óbito. A servidora Rosemary Gonçalves da Silva era servidora da Justiça Federal em Salvador. Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal na Bahia( Sindjufe/BA) , a qual era filiada manifestou pesar e condolências à família e amigos da servidora de 59 anos.

A colunista da Folha de São Paulo, Mônica Bergamo afirmou em sua coluna desta semana que o Supremo Tribunal Federal contabiliza 64 pessoas infectadas com o novo coronavírus. De acordo com a coluna o número representa servidores, servidoras e pessoas que prestam serviço de forma terceirizada no tribunal. O STF informa “não haver identificação de transmissão interna já que essas pessoas não tinham convívio diário”.

Os sindicatos têm buscado informações junto aos tribunais e demais órgãos para que divulguem o número de casos por infecção e de mortes. Há dificuldade em comprovar os dados exatos dentro de toda a categoria, já que não há divulgação oficial. A atualização nos casos de óbito no Judiciário nos chegam por meio dos sindicatos, associações e entidades representativas do PJU.

A realização das eleições marcadas para novembro trouxe uma grande preocupação principalmente entre os servidores da Justiça Eleitoral. Alguns estados já discutem a realização de uma greve sanitária, caso os tribunais não ofereçam segurança para a saúde das servidoras e servidores na linha de frente do pleito.

Joana Darc Melo, da Fenajufe
publicado por  Joelson Rogerio

Fonte: https://www.fenajufe.org.br/noticias/noticias-da-fenajufe/6916-covid-19-no-judiciario-supremo-tribunal-federal-divulga-casos