Deputados de partidos de direita, aliados de Bolsonaro, votaram pelo sim da proposta que prejudica o povo e os servidores 

Confira como cada deputado da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) votou nessa terça-feira (25) pela admissibilidade da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 32, da Reforma Administrativa do governo de Jair Bolsonaro (ex-PSL), que vai prejudicar toda a população e o país, acabar com os concursos públicos, abrir uma janela de oportunidades para corrupção, aparelhamento e cabide de emprego, se o texto for aprovado em dois turnos pela maioria dos deputados e senadores.

► Confira como cada deputado e deputada votou na CCJ

Bia Kicis (PSL-DF) – votou Sim

Carlos Jordy (PSL-RJ) – votou Sim

Caroline de Toni (PSL-SC) – votou Sim

Daniel Freitas (PSL-SC) – votou Sim

Filipe Barros (PSL-PR) – votou Sim

Vitor Hugo (PSL-GO) – votou Sim

Coronel Tadeu (PSL-SP) – votou Sim

Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) – votou Não

Hiran Gonçalves (PP-RR) – votou Não

Marcelo Aro (PP-MG) – votou Sim

Margarete Coelho (PP-PI) – votou Sim

Christino Aureo (PP-RJ) – votou Sim

Darci de Matos (PSD-SC) – votou Sim

Edilazio Junior (PSD-MA) – votou Sim

Fábio Trad (PSD-MS) – votou Não

Paulo Magalhães (PSD-BA) – votou Sim

Sérgio Brito (PSD-BA) – votou Sim

Bilac Pinto (DEM-MG) – votou Sim

Geninho Zuliani (DEM-SP) – votou Sim

Kim Kataguiri (DEM-SP) – votou Sim

Leur Lomanto Jr. (DEM-BA) – votou Sim

Juarez Costa (MDB-MT) – votou Não

Márcio Biolchi (MDB-RS) – votou Sim

Marcos A. Sampaio (MDB-PI) – votou Sim

Capitão Augusto (PL-SP) – votou Sim

Giovani Cherini (PL-RS) – votou Sim

Magda Mofatto (PL-GO) – votou Sim

Sergio Toledo (PL-AL) – votou Sim

Lucas Redecker (PSDB-RS) – votou Sim

Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG) – votou Sim

Samuel Moreira (PSDB-SP) – votou Sim

Shéridan (PSDB-RR) – votou Não

João Campos (REPUBLICANOS-GO) – votou Sim

Lafayette Andrada (REPUBLICANOS-MG) – votou Sim

Marcos Pereira (REPUBLICANOS-SP) – votou Sim

Silvio Costa Filho (REPUBLICANOS-PE) – votou Sim

Paulo Martins (PSC-PR) – votou Sim

Marcelo Moraes (PTB-RS) – votou Sim

Pompeo de Mattos (PDT-RS) – votou Não

SubtenenteGonzaga (PDT-MG) – votou Não

Dagoberto Nogueira (PDT-MS) – votou Não

Fábio Henrique (PDT-SE) – votou Não

Diego Garcia (PODE-PR) – votou Sim

Léo Moraes (PODE-RO) – votou Não

Genecias Noronha (SOLIDARIEDADE-CE) – votou Sim

Aureo Ribeiro (SOLIDARIEDADE-RJ) – votou Não

Greyce Elias (AVANTE-MG) – votou Sim

Rubens Bueno (CIDADANIA-PR) – votou Não

Pastor Eurico (PATRIOTA-PE) – votou Sim

Orlando Silva (PCdoB-SP) – votou Não

Capitão Wagner (PROS-CE) – votou Não

Enrico Misasi (PV-SP) – votou Sim

Alencar S. Braga (PT-SP) – votou Não

Gleisi Hoffmann (PT-PR) – votou Não

José Guimarães (PT-CE) – votou Não

Maria do Rosário (PT-RS) – votou Não

Patrus Ananias (PT-MG) – votou Não

Paulo Teixeira (PT-SP) – votou Não

Rui Falcão (PT-SP) – votou Não

Gervásio Maia (PSB-PB) – votou Não

Júlio Delgado (PSB-MG) – votou Não

Ricardo Silva (PSB-SP) – votou Não

Tadeu Alencar (PSB-PE) – votou Não

FernandaMelchionna (PSOL-RS) – votou Não

Gilson Marques (NOVO-SC) – votou Sim

 

Com informações do Congresso em Foco

Escrito por: Redação CUT

Foto: Reprodução/PT

Fonte: https://www.cut.org.br/noticias/reforma-administrativa-confira-como-cada-deputado-votou-na-ccj-1613