“PRECISAMOS, NECESSITAMOS DA AJUDA DE TODOS!!!”, esta é a frase que expressa o APELO da servidora do TRE-PA, Keyla Rodrigues, aos colegas do Judiciário Federal. O apelo da servidora tem como objetivo sensibilizar os demais servidores para a necessidade de se contribuir de alguma forma com a luta pela derrubada do veto 26/2015.

Hoje (10) a servidora Keyla Rodrigues enviou para o e-mail dos colegas da Justiça Eleitoral do Pará um texto expondo a importância da contribuição financeira para o fundo de mobilização. Keyla explicou que o trabalho de “formiguinha”, vem acontecendo junto aos parlamentares e aos próprios colegas da carreira.

“Em relação aos parlamentares o trabalho é: esclarecer que não houve acordo com a base (servidores) sobre o novo PL, que precisamos do apoio e presença deles no dia da votação; informamos a defasagem salarial dentre tantas outras coisas. Em relação aos colegas (TRE-PA, TRT-8ª REGIÃO e JF-PA) esclarecemos que a luta é nossa, dos servidores, dos quase 120 mil servidores!!! Não é do sindicato!!! Quando a recomposição for concedida, esta, não virá para os sindicatos, mas sim para nós servidores!!!!!”, explicou a servidora.

Keyla participou da última caravana, e irá novamente a Brasília, junto com mais 11 servidores, para acompanhar a apreciação do veto no Congresso Nacional, no dia 22 de setembro. Para ela a participação dos servidores é importante, mas a presença de um representante sindical é essencial.

“A presença de UM LÍDER SINDICAL é de extrema importância, pois é este representante sindical que nos situa em Brasília, vamos assim dizer: “abre portas”, diz Keyla.

Com base nas despesas da caravana anterior enviada a Brasília no dia 2 de setembro, Keyla diz que “é muito caro mandar um servidor a Brasília”.

“PRECISAMOS, NECESSITAMOS DA AJUDA DE TODOS!!!”

“Se você não puder viajar ou descer para deliberar sobre os rumos da mobilização da greve, da derrubada do veto, por motivos que lhe impedem de aderir…, ao menos ajude a categoria com a colaboração financeira, pois ESTAMOS PRECISANDO.”, pediu a servidora Keyla.

Reproduzimos apenas partes da mensagem que demonstra o compromisso da servidora Keyla Rodrigues com a nossa luta e que deve servir de exemplo e inspiração para toda a categoria.

As doações para a primeira caravana chegaram a pouco mais de R$16.000,00 (dezesseis mil reais). O extrato com os valores doados pode ser solicitado ao Sindicato.

Na última caravana, o sindicato enviou 20 servidores (3 diretores+15 servidores da base do Pará e 2 do Amapá). Veja abaixo a tabela com o demonstrativo de despesas com os 15 servidores da base do Pará e também com os três coordenadores e mais dois servidores da JF-PA.

 

Fonte: Imprensa Sindjuf-PA/AP