No ultimo sábado (10), a FENAJUFE realizou reunião ampliada com a participação de vários sindicatos do Judiciário Federal e MPU. O SINDJUF-PA/AP participou da Ampliada com o coordenador Ribamar França (delegado) e o diretor de base da JF-AP Michel Mélem (observador), ambos eleitos em Assembleia Geral.

Enfrentamento aos ataques de Bolsonaro

A reunião teve como principal pauta a mobilização para enfrentamento dos ataques do governo Bolsonaro e sua proposta de Reforma Administrativa, ora em tramitação no congresso nacional.

Informes da base

Em sua intervenção o coordenador Ribamar apresentou os informes sobre as atividades realizadas pelo SINDJUF-PA/AP tais como assembléias geral e setoriais virtuais, como também participação da entidade em eventos de organização da categoria com vistas à  mobilização conjunta dos servidores e da sociedade contra o desmonte dos serviços públicos. Ribamar
Destacou a reunião virtual para criação do Forum Amapaense em Defesa dos Serviços Públicos que congrega servidores públicos das três esferas no estado do Amapá. Ressaltou que nesse evento o sindicato foi representado pelo servidor Michel Mélem e pela coordenadora regional do Amapá Daise. Informou ainda que o SINDUF tem colaborado financeiramente na organização de vários movimentos e ações de mobilização.

Campanha de mídia da Fenajufe

Outro informe foi sobre a decisão da AGE de disponibilizar recursos financeiros no valor de 10 mil reais para contribuir na campanha de mídia da FENAJUFE contra a Reforma Administrativa.

Retorno ao trabalho presencial

Falou sobre o acompanhamento que o sindicato vem fazendo junto aos tribunais no tocante às condições de retorno ao trabalho presencial nos órgãos da base, nos dois estados, enfatizando que o sindicato está atento e vigílante a todas as fases de retorno e as condições de trabalho nos tribunais.

Categoria rejeita divisionismo

Ao final registrou que a categoria rejeita qualquer forma de divisonismo, pois a divisão enfraquece a luta dos trabalhadores e fortalece o governo Bolsonaro.