Na tarde dessa terça-feira (04) quando estava reunida para decidir sobre a adesão à Greve Nacional do dia 14 de junho contra a Reforma da Previdência, a categoria definiu, por unanimidade, que a Assembleia Geral do Sindjuf-PA/AP deve permanecer aberta até a próxima segunda-feira (10), ocasião em que deverão avaliar o resultado de reuniões setoriais  nas bases com o objetivo de ampliar a mobilização da Greve.

A categoria também propôs que deverão ser apresentadas duas alternativas de participação da categoria, são elas: realização de greve ou ato público em frente ao TRT/8ª para convocar os servidores a se unirem ao ato geral. Ainda, foi proposto que o sindicato elabore uma “carta aberta” para explicar porque  os trabalhadores do setor públicos serão ainda mais penalizados pela Reforma do que os trabalhadores da iniciativa privada, a ser distribuída à população.

A categoria volta a se reunir em AGE na segunda-feira (10), às 16h, na sede do Sindicato. Não falte.