Dias Tóffoli teve que se ausentar para cumprir agenda oficial no Palácio do Planalto. Fenajufe continua articulação junto à presidência do Conselho

Não fosse uma cerimônia no Palácio do Planalto que exigia a presença do presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Dias Tóffoli, a proposta de criação da Polícia Judicial Federal teria sido deliberada ontem, 1 de setembro, na sessão ordinário da Corte. Logo, o tema Polícia Judiciária Federal volta ao plenário do Conselho Nacional de Justiça na terça-feira, 8 de setembro.

Com isso, a Fenajufe continuará no trabalho incisivo e atento de articular essa que será uma conquista histórica para os Agentes de Segurança Judiciária.

Como estratégia, a Federação continua o contato com o Secretário-Geral do CNJ, Carlos Vieira Von Adamek e com o próprio presidente Dias Tóffoli, para construir a melhor proposta.

Vale lembrar que a criação da Polícia Judicial é defesa histórica da Fenajufe e Sindicatos da base, já deliberada em várias instâncias.

A sessão do CNJ que deverá debater e deliberar sobre a criação da Polícia Judicial Federal está convocada para a terça-feira, 8 de setembro, a partir das 14 horas, com transmissão ao vivo pelo YouTube, site da Fenajufe e Facebook da Federação.

Fonte: https://www.fenajufe.org.br/noticias/noticias-da-fenajufe/7000-com-sessao-mais-curta-criacao-da-policia-judicial-fica-para-a-terca-8-de-setembro-no-cnj