Antes da AGE de quarta-feira (25) o Sindjuf-PA/AP fez um levantamento junto às suas bases, para saber a opinião dos servidores sobre o PL 2648/2015. A maioria dos servidores se posicionou contra o texto original do projeto, pois acreditam que o PL não atende as necessidades da categoria, já que foi formulado pelo STF sem a participação das entidades que representam os servidores. 

Tendo como referência a posição das bases e o indicativo tirado na assembleia setorial do TRE-PA, realizada no dia 23.11, a categoria decidiu em Assembleia Geral Extraordinária, nessa quarta-feira (25), “CONTINUAR LUTANDO POR REAJUSTE DIGNO DA CATEGORIA, INTERVINDO, INCLUSIVE, NA TRAMITAÇÃO DO PL 2648/2015 COM EMENDAS.”

As emendas propostas para melhoria do PL são: 1) Redução do parcelamento para a 2 anos; 2) incluir no texto o período inflacionário a que se refere o reajuste (2006 a 2009); 3) Retirada do reajuste das CJ’s; 4) Retirada dos 13,23%.

A deliberação da AGE será apresentada hoje (27) pelo coordenador geral, Osvaldo Oliveira, durante reunião da FENAJUFE (Ampliadinha), que acontece em Brasília.

Fonte: Imprensa Sindjuf-PA/AP