Os coordenadores do Sindjuf-PA/AP, Ângelo Passos e Arcelino de Barros estão nesse momento no Senado, aguardando o início da audiência pública com o ministro interino do planejamento, Dyogo Oliveira, que irá esclarecer a adequação financeira do PLC 29/2016.

De acordo com os coordenadores, o PLC 29 não está na pauta do Plenário, porém as lideranças sindicais trabalham para que por meio de requerimentos de urgência, o projeto seja inserido ainda hoje na pauta.

Há dois requerimentos de urgência, um de origem da Comissão de Assuntos Econômicos e o outro com a assinatura de quatorze líderes políticos, que representam 64 senadores.