Hoje, os servidores retomaram a discussão sobre a importância da mobilização da categoria para fortalecer a luta pela derrubada do veto 26. Segundo o servidor Omar Lameira, há a necessidade de levar aos setores de trabalho informações sobre a atual conjuntura política do país e de que forma ela afeta os interesses da categoria.

“O importante é que a gente comece a divulgar essa ideia e fazer as pessoas despertarem, pois cada dia que passa a situação está ficando cada vez mais difícil”, afirmou o servidor.

Foram levantados, pelo servidor Cláudio Silva, questionamentos sobre o debate e participação do sindicato nas discussões sobre a exigência de nível superior para os Técnicos Judiciários. O coordenador do Sindjuf-PA/AP, Ribamar França, esclareceu a questão, ressaltando que essa discussão deverá ser tratada dentro do Plano de Carreira da categoria. Ribamar esclareceu, ainda, que o sindicato tem tido o cuidado de fazer uma discussão séria e aprofundada desse tema dentro dos seminários sobre Carreira do Judiciário.

O coordenador lembrou que ano passado o SINDJUF-PA/AP realizou quatro (4) seminários sobre Carreira e que as discussões foram no sentido de que essa questão do Nível Superior para Técnico Judiciário não pode ser tratada isoladamente, mas dentro de um projeto de construção da Carreira do Judiciário Federal. Ribamar lembrou também que durante a XIV Plenária Nacional da Fenajufe, que acontecerá nos dias 23, 24 e 25 de outubro de 2015, discussões como essas serão travadas, exigindo que os representantes da categoria tenham conhecimento sobre o assunto.

“A participação na nossa plenária é muito importante. Ano passado nós fizemos quatro seminários regionais, trouxemos pessoas de outros estados para fazer o debate de carreira, mas o fato é que a gente precisa participar mais ativamente dessa discussão, não dá pra gente chegar dentro da Plenária, sem saber o que é carreira. A gente precisa acompanhar e fazer o debate, pois existem grupos dentro da nossa carreira que estão inteirados do assunto e possuem convicção sobre o que estão defendendo”, disse Ribamar.  

Na análise do atual cenário e da ida da nova caravana a Brasília, Ribamar afirmou que independente dos últimos acontecimentos e do anúncio do pacote de medidas do governo federal, é importante manter a caravana e o trabalho de abordagem aos parlamentares no Congresso Nacional.

Ao final das discussões os servidores do TRE-PA decidiram realizar um novo ato público na próxima segunda-feira (21), antes da sessão do Congresso Nacional que deverá apreciar o veto 26, prevista para acontecer no dia 22.

A pauta do ato público incluirá, também, discussões sobre a previdência complementar e as negociações para o abono do ponto dos grevistas. Para fomentar as discussões serão convidados o Diretor-Geral e um representante da Secretaria de Gestão de Pessoas do TRE-PA para esclarecer sobre os referidos assuntos.

O ato do dia 21 de setembro terá concentração em frente ao prédio do Tribunal Eleitoral do Pará e contará com a presença da assessoria jurídica do Sindicato, Dra. Lara Iglezias.

Fonte: Imprensa Sindjuf-PA/AP