Os oficiais de Justiça, Arcelino de Barros (JF-PA) e Maria da Graça Holanda (TRT/8ª) participaram, representando o Sindicato, no período de 7 a 09/9/16 do IX Congresso dos Oficiais de Justiça. O evento também contou com a participação dos servidores Renato Xerfan (JF-PA) Erico Rodrigues (TRT/8ª) Lopes e Noberto Santos (TRT/8ª).

O evento ressaltou os riscos envolvendo a profissão, além da solidão no cumprimento dos mandados como causas que influenciam na saúde física e emocional dos servidores.

As palestras realizadas durante o evento contribuíram para a construção de debates sobre: saúde, tecnologia, aposentadoria especial; assédio moral e segurança.

Na ocasião, os oficiais aprovaram, em assembleia ordinária, questões importantes para a categoria.

Veja a baixo as demandas aprovadas em assembleia:

1. Luta pelo Porte de arma;  2. Luta pelo reconhecimento como Atividade de Risco; 3. Valorização da Gratificação de Atividade Especial; 4. Valorização da Indenização de Transporte; 5. Fortalecimento/ sensibilização da opinião pública acerca das atribuições e da essencialidade do Oficial de Justiça; 6. Protocolo de pedido de não necessidade da confecção de relatórios de IT na JT; 7. Amplo debate no âmbito das Assojafs acerca da PEC 414; 8. Atuação perante o STF no sentido de compor a Comissão Interdisciplinar de Carreiras do Judiciário.

Fonte: Comunicação do SINDJUF-PA/AP