O texto-base da reforma, que já foi votado em primeiro turno em plenário da Câmara, apresenta diversos aspectos que podem prejudicar a vida dos trabalhadores, por isso, centrais sindicais programam uma série de atos pelo país para continuar pressionando parlamentares a barrarem a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6/2019.

Com o objetivo de reforçar a movimento, o Sindjuf-PA/AP enviará a Brasília no período de 12 a 16 de agosto dois representantes da sua base. Para concorrer às vagas os interessados devem manifestar interesse através de nossos meios de comunicação (whatsapp e e-mail) até às 16h do dia 05 de agosto.