O Sindicato realizou na última sexta-feira (03/03) a instalação do comando de mobilização contra a Reforma da Previdência. A reunião, aberta a sindicalizados e aos não sindicalizados, aconteceu na sede do Sindicato, às 15h.

As ações organizadas pelo Sindicato para mobilizar a categoria foram destaques durante a reunião. O coordenador de Formação Sindical, Ângelo Passos, lembrou que a Entidade já dispõe de um calendário de Assembleias setoriais para debater o tema nos locais de trabalho. Além disso, a Entidade está encaminhando a Eleição para diretor de base, e contará com representantes que serão responsáveis por mobilizar os servidores que estão lotados fora da sede.  

Material de mobilização

Foi feita também a apresentação dos materiais que serão utilizados durante a campanha. O Sindicato mandou confeccionar coletes; adesivos; cartazes; faixas e boletim informativo que serão usados como instrumento de luta.

O objetivo é utilizar os materiais para informar e organizar a categoria e a sociedade, contra a reforma. Além disso, o material serve como uma forma de protesto aos encaminhamentos do governo que atingem sobretudo os direitos já conquistados dos trabalhadores.

Informação

O grande desafio do Sindjuf é combater a falta de informação e as informações manipuladas acerca do assunto, já que diversos meios de comunicação divulgam que a reforma é necessária e que há um deficit na previdência social, informação já contestada por entidades ligadas ao sistema fiscal e de seguridade social.

Veja aqui material disponibilizado pela ANFIP (Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil) sobre “A Falácia do Rombo na Previdência”.

O comando de mobilização compreendeu que toda a sociedade deve estar engajada nessa luta e para maiores efeitos, ela precisa ser unificada entre sindicatos, entidades, trabalhadores e sociedade civil organizada, contribuindo para o patrocínio de uma forte campanha, utilizando, inclusive, os meios de comunicação de massa para esclarecer a população sobre o objetivo do movimento e sobre as reais intenções por trás da reforma.  

Participaram da instalação do comando membros da diretoria do Sindicato, servidores ativos e aposentados. O Comando contempla uma recomendação da Fenajufe, trazida pelos participantes da última reunião ampliada da Federação, ocorrida no dia 19 de fevereiro, que orientou as entidades em relação a criação de comitês nos estados, e a união a outras entidades locais.

O comando é aberto a todos e os membros devem se reunir novamente ainda nessa semana, com o intuito de encaminhar novas ações e avaliar o resultado das mobilizações nos locais de trabalho. Fique atento as chamadas de mobilização. Participe.

Fonte: Sindjuf-PA/AP