quarta-feira, 20 outubro, 2021
spot_img

A FÉ QUE FORTALECE

A exposição abre às 9hs

Mais uma vez ouvimos pelas ruas de Belém que é Círio outra vez. A frase repetida há tantos anos nos ajuda a sentir um tempo diferente, como se uma aura de magia cobrisse a cidade. Conseguimos até sentir o abraço bom que o vento nos dá quando chega aliviando os dias e tardes, o mesmo abraço que sentimos quando acessamos nossas lembranças de tantos momentos de alegria vividos nos Círios que formam nossa fé na mãe de todos os paraenses, e não seria diferente neste segundo ano em que a imagem de Nossa Senhora de Nazaré não poderá estar conosco como em tantas outras procissões. Ainda é tempo de cuidar de si e dos outros, ainda é momento de oração pelos que ficam e pelos que foram, um tempo diferente, mas, sobretudo, um tempo de fé.

Diante disso, o Espaço Cultural do TRT da 8ª Região realiza sua reabertura chamando a todas e todos para uma reflexão proporcionada no grito que as obras aqui expostas nos trazem. Um silêncio ensurdecedor dos preconceitos, julgamentos, olhares enviesados, a superficialidade de não se permitir ver com os olhos da empatia e da humanidade. Aqui neste salão apresentamos uma minuciosa curadoria realizada em uma parte do acervo do Projeto LIBERT’Art, realizado pela Pastoral Carcerária em casas de detenção de todo o Pará.

Com seus 28 anos de existência, a Pastoral Carcerária atua no combate à tortura, no oferecimento de assistência religiosa, social e jurídica aos presos, suas famílias, vítimas e familiares, desenvolvendo esse trabalho que busca resgatar a auto-estima do preso a partir da luta por seus direitos inalienáveis tais como dignidade moral, social e cristã. Ao longo de quinze anos, tem realizado o concurso de pintura denominado Libert’Art, que procura promover,  fundamentalmente, sob a ótica da evangelização numa dimensão libertadora, o resgate da auto-estima do preso, estimulando-o a colocar em prática seus dons e sua criatividade, além de um despertar para a fé, muitas vezes sufocados pelo sofrimento da prisão.

Além disso, o projeto objetiva despertar a sociedade para o valor da pessoa presa, enquanto ser humano e membro dessa mesma sociedade, tendo em vista sua reinserção social, mantendo vivos os ideais da Campanha da Fraternidade/97, cujo tema ‘FRATERNIDADE E OS ENCARCERADOS” e o lema “CRISTO LIBERTA DE TODAS AS PRISÕES” promoveu o resgate da dignidade moral, social e cristã da comunidade carcerária. A partir de grades Nossa Senhora é vista, e é também entre elas que Maria se vê refletida na retina de quem clama por perdão e oportunidade. Aqui veremos que a fé transcende muros e correntes, e aquecem o coração daquele que se sinta só, porque somos todas e todos irmãos filhos do mesmo Deus, e sob o seu olhar conduzimos nossa vida com a consciência de que errar é humano, e que aprender com o erro é sinal de crescimento e afirmação dessa humanidade.

Neste Círio em que somos convidados a evangelizar, é a arte dos nossos irmãos e irmãs encarcerados que nos convida a encontrar dentro de nós a razão de evangelização de nossa própria fé e esperança na humanidade, para que possamos seguir na trilha da nossa vida como a imagem de Nossa Senhora deslizando entre barcos, procissão, esperança e fé.

Foto/Crédito: ASCOM8

Fonte: https://www.trt8.jus.br/noticias/2021/fe-que-fortalece

Latest Posts

spot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CADASTRE SEU EMAIL

PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS DIARIAMENTE.