segunda-feira, 15 julho, 2024
spot_img

Ao lado de outros Sindicatos, Delegação do Sindjuf-PA/AP articula composição de chapa com inserção de representantes nortistas e mulheres negras para concorrer à diretoria da Fenajufe

Apesar de ser uma delegação pequena, os representantes do Sindjuf-PA/AP têm mostrado grande poder de articulação no 11º Congrejufe, é que os delegados do Sindicato conseguiram articular, dentro do coletivo denominado “Democracia e Luta” (grupo de esquerda e progressista), a construção de uma chapa mais igualitária para concorrer à nova diretoria da Fenajufe.  

Após longa negociação, os delegados conseguiram construir uma chapa que possui a inclusão de membros do Pará para concorrer à nova diretoria. Como titular foi sugerido o nome do coordenador do Sindjuf-PA/AP Ribamar França. Para complementação da chapa também foi apresentado o nome da coordenadora Daise Santos, por ser mulher, negra e amapaense.

O coletivo também conseguiu o direito de apresentar a candidatura da coordenadora Mônica Genú como membro do Conselho Fiscal, além de um representante do Amazonas.

A candidatura de representantes do Sindjuf-PA/AP vence mais uma barreira dentro do Congresso, já que por ser uma Entidade pequena, o Sindicato não poderia eleger nenhum delegado para a nova direção, questão superada após apresentação de muitos argumentos.

“A nossa expectativa é muito grande para que possamos ter os nossos diretores compondo a diretoria da Federação. O objetivo é construir um campo político forte que possa encaminhar as lutas pelo viés progressista.”, acredita Ribamar.

“A tônica da composição da nossa chapa foi a grandeza da unidade construída durante toda a construção desse a Congrejufe para corrigir a exclusão de décadas da participação feminina na diretoria e  também do conselho fiscal. A participação de mulheres se resumia apenas a plateia e que hoje, historicamente esse erro está sendo corrigido! Mulheres trabalhadoras são necessárias nas instâncias de poder para que a classe trabalhadora seja fortalecida e o mundo do trabalho seja realmente mais justo e igual.”, comemorou a coordenadora Mônica Genú.

Composição da Delegação do Sindjuf-PA/AP é elogiada

Muito elogiada, a composição da delegação do Sindjuf-PA/AP ao 11º Congrejufe respeita a paridade entre homens e mulheres, tendo 5 representantes mulheres e 5 homens.  

A apresentação de chapas no 11º Congrejufe devem respeitar o percentual mínimo de 50% de representatividade feminina.

 

Latest Posts

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CADASTRE SEU EMAIL

PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS DIARIAMENTE.

Enviar uma mensagem!
1
Olá 👋
Quer falar com o SINDJUF-PA/AP ?