A inflação de 2021 deve ser maior do que a prevista no projeto de lei orçamentária enviado ao Congresso Nacional pelo Poder Executivo. A conclusão é de um informativo conjunto divulgado pelas consultorias de Orçamento do Senado e da Câmara dos Deputados.

Enquanto o PLN 19/2021 estima um Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de 6,2%, a expectativa do mercado é de 8,1%. “Isso pode afetar especialmente as estimativas de despesas previdenciárias e assistenciais”, alerta o documento.

Caso se confirme uma inflação de 8,1%, o salário mínimo em 2022 pode ser maior do que o estimado pelo projeto (R$ 1.169). O valor projetado pelo governo não contempla a defasagem de R$ 2 referente à ultima correção.

O informativo das consultorias também destaca que a projeção de mercado para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) é menos otimista do que a adotada no PLN 19/2021. A diferença é maior para 2022, quando o mercado projeta aumento de 2% contra 2,51% na proposta do governo. 

Da Agência Câmara de Notícias

Foto/Crédito: Marcos Santos/USP Imagens/Fotos Públicas

Fonte: Agência Senado

https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2021/09/09/consultorias-do-senado-e-da-camara-projetam-inflacao-maior-do-que-previsao-do-governo