sexta-feira, 9 dezembro, 2022
spot_img

Em ano de Copa, TRT-8 é hepta na categoria Ouro do Prêmio CNJ de Qualidade 2022

Tribunal ficou em primeiro lugar na categoria, em premiação que conta com a participação de todos os tribunais do país

A edição de 2022 do Prêmio CNJ de Qualidade garantiu ao Tribunal Regional do Trabalho da Oitava Região o primeiro lugar na categoria Ouro. É o sétimo ano consecutivo que o tribunal recebe a premiação que avalia os tribunais a partir do acompanhamento das políticas judiciárias, eficiência, gestão e organização de dados. O TRT-8 alcançou uma pontuação de 82,73% e se destacou entre os tribunais da Justiça do Trabalho.

Neste ano, novos critérios foram implementados na edição do Prêmio, como, por exemplo, a instituição do Plano Nacional de Atenção e Apoio às Vítimas de Crimes e Atos Infracionais, o cumprimento da Resolução CNJ n.º 401, de 16 de junho de 2021, que dispõe sobre o desenvolvimento de diretrizes de acessibilidade e inclusão de pessoas com deficiência nos órgãos do Poder Judiciário e de seus serviços auxiliares, e possuir unidades judiciárias com Índice de Atendimento à Demanda (IAD) acima de 100%, de forma a promover a redução do acervo processual.

Além disso, conferir mais celeridade processual e impulsionar o julgamento de ações ambientais e implantar a Plataforma Digital do Poder Judiciário (PDPJ) também foram critérios a serem avaliados entre os tribunais participantes. “A cada ano os critérios do Prêmio CNJ de Qualidade ficam mais desafiadores. Mesmo assim, o TRT-8 tem se mantido entre os melhores tribunais do Brasil e o 1º lugar na categoria Ouro da Justiça do Trabalho”, comenta Rodopiano Neto, coordenador de Gestão Estratégica (COGES) do TRT-8.

A avaliação dos tribunais é feita em duas fases. Primeiramente são avaliados os cumprimentos de acordo com os critérios que exigem comprovação por parte dos tribunais, e então é entregue o resultado final da avaliação, contemplando tanto os itens previamente avaliados, quanto aqueles que são verificados pelo próprio CNJ a partir de informações existentes no Conselho.

O TRT-8, com o percentual de 82,73%, teve 225 pontos no Eixo da Governança, 330 pontos no Eixo da Produtividade, 110 pontos no Eixo da Transparência e 580 pontos no Eixo dos Dados e Tecnologia, permanecendo sempre entre os 6 primeiros lugares de cada categoria. “Mantivemos uma constância de excelência e isso é resultado do trabalho de todos. Estamos entre os melhores da Justiça do Trabalho e, comparando a outros TRTs de médio porte, fomos o melhor colocado”, celebra Rafael Miranda, Diretor-Geral do TRT-8.

Para conferir o Painel de Resultados por Ramo de Justiça do Prêmio CNJ de Qualidade 2022, basta acessar este link.

Prêmio CNJ de Qualidade – 

O Prêmio CNJ de Qualidade foi criado em 2019, em substituição ao antigo Selo Justiça em Números, implementado desde 2013. Ao longo dos anos, vários critérios foram sendo aperfeiçoados e incluídos no regulamento da premiação, que é dividida em quatro eixos principais: governança; produtividade; transparência; dados e tecnologia. Utiliza-se uma metodologia de avaliação dos tribunais sob o olhar do acompanhamento das políticas judiciárias, eficiência, gestão e organização de dados. Assim, em cada segmento de justiça, os tribunais são classificados em três categorias, a saber: “Diamante”, “Ouro” e “Prata”. O tribunal que mais se destaca entre todos os 90 e que atinge maior pontuação, é congratulado com o “Prêmio Excelência”.

Todos os tribunais participam do Prêmio CNJ de Qualidade, incluindo os tribunais superiores, os 27 Tribunais de Justiça (TJs), os cinco Tribunais Regionais Federais (TRFs), os 24 Tribunais Regionais do Trabalho (TRTs), os 27 Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) e os três Tribunais de Justiça Militar (TJMs) dos estados.

A premiação é anualmente conferida durante o Encontro Nacional do Poder Judiciário, espaço onde são reunidos todos os presidentes dos tribunais para debater e votar as Metas Nacionais do ano seguinte. Uma novidade deste ano é o aumento da pontuação dos índices de conciliação, que foi de 50 para 90 pontos, e de cumprimento de metas nacionais, que saltou de 60 para 100 pontos.

► Confira o resultado completo do Prêmio CNJ de Qualidade 2022 por aqui.

#ParaTodosVerem: Arte com fundo laranja. Centralizado ao lado esquerdo, uma medalha dourada, composta por um círculo e dois laços abaixo. Ao centro dela, o texto “Prêmio CNJ de Qualidade Ouro”. Abaixo o texto “Ouro” em branco. Ao lado direito, o texto “TRT8 é hepta!” em branco. No canto inferior direito, as logos do TRT8 e do CNJ, lado a lado.

Foto/Crédito: ASCOM8

Fonte: https://www.trt8.jus.br/noticias/2022/em-ano-de-copa-trt-8-e-hepta-na-categoria-ouro-do-premio-cnj-de-qualidade-2022-0

Latest Posts

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CADASTRE SEU EMAIL

PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS DIARIAMENTE.