segunda-feira, 27 junho, 2022
spot_img

Em Assembleia do Sindicato, Servidores do TRE/PA denunciam situação de descaso da Gestão do Órgão com relação a pandemia de COVID-19

Órgão é o único do Judiciário Federal do Pará que ainda mantém atendimento presencial funcionando.

Em reunião setorial com servidores da sede do TRE-PA e das zonas eleitorais do Pará, na manhã desta sexta-feira, 11, o Sindjuf-PA/AP anunciou que estudará junto à Assessoria Jurídica da Entidade nova abordagem para questionar a omissão da presidência do Tribunal em adotar medidas protetivas de saúde e segurança para prevenir o risco de contágio com a nova variante do Coronavírus (Ômicron) e a consequente proliferação da Covid-19.

Em janeiro, o Sindicato ingressou com pedido em todos os tribunais para a adoção de medidas protetivas mais efetivas. Na ocasião, quase todos já estavam elaborando resoluções para a retomada do trabalho remoto. O primeiro a publicar foi o TRE/AP, porém o TRE do Pará foi o único que indeferiu o pedido do Sindicato.

Com a negativa, a Entidade ingressou na última semana com um pedido de reconsideração à Presidência através de recurso para o Pleno.

Vale ressaltar que foi recentemente feito uma testagem entre os servidores em exercício. O resultado foi de 20% de contaminados e mais um número considerável de resultados inconclusivos.

Nas zonas eleitorais do interior o cenário é incerto, já que a testagem, até então, só alcançou servidores de Belém e Região Metropolitana.

Consta também que o quadro médico do Tribunal está reduzido e sobrecarregado com a demanda de novos casos que chegam a todo momento no setor médico.

Diante das tentativas frustradas de conciliação, hoje, a categoria decidiu que, caso a presidência não reconsidere seu posicionamento, o pedido deverá ser encaminhado para julgamento no Pleno do Tribunal.

Para protestar, a categoria também decidiu que o Sindicato deve fixar uma faixa em frente à sede do Tribunal denunciando a situação.

Os servidores consideram ser incoerente o fato do Tribunal se preocupar em alcançar metas do CNJ e não proteger seu próprio corpo funcional. Sendo assim, o Sindicato retomará o Slogan “Sem vida não há trabalho”.

Latest Posts

spot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CADASTRE SEU EMAIL

PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS DIARIAMENTE.