segunda-feira, 6 dezembro, 2021
spot_img

Fenajufe busca apoio com lideranças partidárias contra a reforma administrativa

Federação tenta audiências com líderes do governo;  ofício com mesma pauta também foi enviada para  os candidatos  presidenciáveis  – 2022

Para ampliar atuação contra a reforma administrativa,a Fenajufe  solicitou audiências com os líderes do governo para tratar da PEC 32.

Os ofícios assinados pela coordenadora Lucena Pacheco e Fabiano dos Santos pede urgência diante andamento da tramitação da PEC, que embora tenha perdido força e ter a apresentação adiada, poderá ir à votação a qualquer momento.

Aprovar a reforma administrativa é o maior desejo do presidente da Câmara Arthur Lira (PP/AL) que já deixou claro que não medirá esforços para alcançar seu intento. A aprovação do texto na comissão especial em setembro só foi possível através de manobras orquestradas por ele.

Para a Federação esse é o momento para buscar diálogo e apoio com os parlamentares de todos partidos políticos. sem exceção.

As audiências solicitadas pela Fenajufe fazem parte do trabalho tete-à- tete  que os dirigentes da Federação tem realizado de forma intensiva nas últimas 8 semanas no Congresso Nacional.Todas as lideranças partidárias foram oficiadas.

Aliado às mobilizações virtuais diárias e presenciais que tem ocorrido semanalmente, o corpo a corpo nos corredores da Câmara, gabinetes dos deputados (as), endereços residenciais e nos aeroportos  em todo o Brasil, tem sido determinante para provocar o adiamento da tramitação.

As manifestações contra a reforma administrativa aumentam a cada dia. As entidades das várias representações do serviço público tem atuado em todo o país. A pressão aos deputados e deputadas tem encurralado os parlamentares que não sustentam o voto para aprovar a proposição.

Ações como fotos em outdoors nas ruas e  pontos estratégicos, comerciais em rádios, carro de som , twuitaço semanal e a massificação do jingle “se votar, não volta”, tem surtido efeito positivo e amedrontado. Com a proximidade das eleições, muitos não querem correr o risco de perder  votos na base e não  conseseguir se reeleger.

Presidenciáveis

Com a mesma pauta e urgência, a Federação também oficiou os pré- candidatos á presidência da República para o pleito de 2022. É importante esclarecer sobre os efeitos que a PEC 32 trará para o país que eles almejam comandar a partir de janeiro de 2023.

A Fenajufe entende que o diálogo com os presidenciáveis é de suma importância neste período que antecede  apresentação dos projetos de governo disputados por eles.

Além do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) que declarou contrariedade à proposta em reunião com sindicalistas realizada em Brasília na última semana, os ofícios foram  endereçados  aqueles  que são  reconhecidamente candidatos ao pleito  no próximo período eleitoral.

Ciro Gomes(PDT), Fernando Haddad (PT) Jair Bolsonaro (sem partido),Luiz Datena (PSL) Sérgio Moro (sem partido),Luiz Henrique Mandetta (DEM)Simone Tebet( MDB),Alessandro Vieira(Cidadania, Rodrigo Pacheco (DEM), Eduardo Leite (PSDB) e João Dória(PSDB).

As entidades do funcionalismo, entre elas a Fenajufe, seguem incansáveis na luta contra a PEC que vai acabar com o serviço público se for aprovada. A continuidade na luta pode derrotá-la. 

Programação para esta semana

19/10: pressão aeroporto de Brasília a partir das 7horas

19/10: Ato em frente ao Anexo II da Câmara  a partir das 14 horas

20/10: Concentração no Espaço do Servidor – 9 horas

20/10: Vigília Anexo II – 14 horas

21/10: Vigília Anexo II da Câmara

Joana Darc Melo , da Fenajufe

Foto/Crédito: Fenajufe

Fonte: https://www.fenajufe.org.br/noticias/noticias-da-fenajufe/reforma-administrativa/8237-fenajufe-busca-apoio-com-liderancas-partidarias-contra-a-reforma-administrativa-2

Latest Posts

spot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CADASTRE SEU EMAIL

PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS DIARIAMENTE.