domingo, 7 agosto, 2022
spot_img

Fenajufe divulga resultados da semana com intensa mobilização

A Fenajufe segue incansável na luta pelos direitos da categoria, cumprindo agenda intensa aprovada na última reunião “Ampliadinha”, realizada no dia 8 deste mês .

Antecedendo os atos programados para os dias 21 e 22 em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF), os plantonistas da semana Thiago Duarte e Paula Meniconi despacharam, junto ao Conselheiro Brasilino Santos Ramos, memoriais elaborados pela Assessoria Jurídica Nacional da Fenajufe no Conselho Superior de Justiça do Trabalho (CSJT), em defesa do aumento das parcelas dos consignados para todos os colegas da Justiça do Trabalho, reajuste da Indenização de Transportes dos Oficiais de Justiça (IT) e pedido de apoio ao NS. Foi solicitado ainda, o retorno do parecer jurídico da AJN que contesta  parecer legislativo do Senado a respeito do tema.

 

Em trabalho no Congresso Nacional nos dias 14 e 15, os dirigentes também dialogaram com alguns parlamentares, entre eles, os deputados Alencar Santana (PT/SP) e Líder da Minoria, Ricardo Silva (PSD/SP) e com Paulo Teixeira (PT/SP), além do Eduardo Barbosa (PSDB MG).

As pautas prioritárias foram recomposição salarial (apoio junto aos Ministros do STF), LDO (retirada do art. 126 que veda o reajuste do auxílio-alimentação), privatização do judiciário e apoio às assinaturas do recurso ao PL aprovado na CCJ da Câmara) e segurança dos servidores da Justiça Eleitoral diante das ameaças bolsonaristas. Além dessas, o projeto de aposentadoria especial para pessoas com deficiência (PCDs), (PLP454/2014) também foi abordado pelos Plantonistas, com o protocolo do parecer jurídico a respeito do tema.

A Fenajufe ainda se reuniu com dirigentes da Federação dos petroleiros, que acompanhavam sessão na Câmara e estão na luta contra a privatização da Petrobras. Para os coordenadores o apoio à luta contra  privatização da Petrobras é de extrema importância, uma vez que Bolsonaro ataca a empresa e não resolve a alta do preço de gasolina que afeta os servidores do Judiciário e do MPU, assim como toda classe trabalhadora.

Os Plantonistas, Thiago Duarte e Paula Meniconi, chamaram ainda a categoria para adesão máxima nas atividades da próxima semana. É urgente cobrar o presidente do STF, ministro Luiz Fux, que assuma o seu papel e encaminhe o projeto de lei ao Congresso, tendo em vista a sobra de aproximadamente R$ 3 bilhões que pode ser revertida para a recomposição salarial dos servidores do PJU.

► Veja o Calendário das próximas atividades:

21 e 22/06 – Dias de mobilização nacional com foco no STF, pela revisão salarial, cobrando do presidente do Supremo o envio de projeto de recomposição das perdas da categoria, a qual, com a previsão inflacionária de 2022, já chegaria a 30,66%.

Julho – realização de atividades (faixaço; pressão nos e-mails; ofícios dos sindicatos cobrando os Ministros do STF, cobrar reuniões/audiências com todos os Ministros do STF) bem como a realização de assembleias para aprovação do estado de greve” da categoria com indicação de paralisação em 03/08.

03/08 – Apagão do Judiciário com paralisação pela recomposição das perdas, cobrando o envio do STF de projeto ao Congresso Nacional.

Fonte: Joana Darc Melo, da Fenajufe

Latest Posts

spot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CADASTRE SEU EMAIL

PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS DIARIAMENTE.