sexta-feira, 21 janeiro, 2022
spot_img

Filiado do SINDJUF-PA/AP Malone Cunha, foi eleito diretor da União Internacional dos Oficiais de Justiça (UIHJ)

Fundada em 1952, essa é a primeira vez que um Oficial de Justiça brasileiro ocupa um cargo de direção na União Internacional, assim como também é inédita a composição por um servidor da América do Sul.

De acordo com o estatuto da União Internacional de Oficiais Judiciais (UIHJ), a eleição dos integrantes da diretoria ocorre através de candidaturas individuais, com votação em cada um dos componentes do grupo. Neste processo eletivo, o Oficial de Justiça brasileiro obteve 100 votos de um total de 124.

No dia 25 de novembro, ocorreu Eleição dos membros da Comissão Executiva da UEHJ – 2022-2024, durante 24 º Congresso Internacional de Oficiais de Justiça realizado em Dubai sobre o tema da “ Cyberjustice: Novas oportunidades para o oficial de justiça“.

Foto: Assessoria do Sr. Malone Cunha
Da esquerda para a direita Patrick Gielen, da Bélgica – Secretário, Juraj Podkonicky, da República Tcheca – Tesoureiro, Dimitriy Aristov, da Rússia – Membro, Luís Ignácio Ortega Alcubierra, da Espanha – Vice-presidente, Marc Schmitz, da Bélgica – Presidente, Jos Uitdehaag, da Holanda – 1° Vice-presidente, Jean-Didier Bidié, do Congo – Vice-presidente, David Walker, da Escócia – Tesoureiro-adjunto, Sue Collins, dos Estados Unidos – Secretária-adjunta, Christine Vales, da França – Membro, Malone Cunha, do Brasil – Membro.

A cada três anos, a UIHJ organiza o congresso internacional de oficiais de justiça, um evento científico único e uma grande oportunidade de contatos para a profissão de oficial de justiça.

Nesta ocasião, a UIHJ apresentou seu trabalho relacionado à criação do Código Global de Fiscalização Digital. O congresso internacional constitui uma plataforma única de intercâmbio para a qual oficiais judiciais de todo o mundo e grandes organizações compartilharam seus pensamentos para trabalhar juntos para o desenvolvimento do trabalho da justiça.

A UIHJ é uma organização não governamental internacional constituída para promover, coordenar e desenvolver a atividade dos oficiais judiciais a nível internacional, a fim de salvaguardar, através de uma cooperação mais estreita entre as organizações profissionais representativas em um país de nível, a dignidade e a independência para um melhor serviço às pessoas e à comunidade.

Existem 93 organizações membros (por acordos de cooperação) da UIHJ, de 90 países. Sr. Malone diz: “é com muita felicidade que tomo conhecimento dessa eleição aqui Dubhai e sou eleito para esse cargo. É um momento muito satisfatório poder representar os oficiais de Justiça Brasileiros e todos os servidores públicos e sendo eu um filiado vou poder dar voz ao SINDJUF-PA/AP junto as organizações internacionais” comentou.

A UIHJ colabora ativamente com ONU e Uncitral, Conferência de Haia sobre Direito Internacional Privado, Banco Mundial, FMI, USAID, Conselho da Europa e CEPEJ, União Europeia, EBRD, ELI, Ohada e Ersuma, Waemu e Asean.

Um pouco da História

Foi em 1949 que Jean Soulard, Presidente da Câmara Nacional de Oficiais Judiciais da França, expressou pela primeira vez a idéia de criar a União Internacional de Oficiais Judiciais (UIHJ), durante seu congresso nacional.

A partir daí, o primeiro congresso da UIHJ foi realizado em Paris, em 1952, com a participação de sete países: Bélgica, França, Grécia, Itália, Luxemburgo, Holanda e Suíça.

Fotos/Crédito: Assessoria do Sr. Malone Cunha

Fonte: SINDJUF-PA/AP

Latest Posts

spot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CADASTRE SEU EMAIL

PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS DIARIAMENTE.