terça-feira, 28 junho, 2022
spot_img

Memória do Poder Judiciário: Prêmio recebe mais de 100 inscrições em sua 1ª edição

Com 107 inscrições em sua primeira edição, o Prêmio do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) Memória do Poder Judiciário deste ano, será entregue durante a programação do II Encontro Nacional de Memória do Poder Judiciário, que vai acontecer entre os dias 10 e 13 de maio, em Recife. A solenidade será realizada último dia do evento, às 9h.

A premiação foi criada pela Resolução CNJ n.429/2021 e tem como o objetivo contemplar a ação, atividade, experiência, projeto, programa, produção científica ou trabalho acadêmico que contribua para a preservação, valorização e difusão dos bens culturais materiais e imateriais do Poder Judiciário, integrantes do patrimônio cultural brasileiro, e para a promoção dos direitos humanos.

O prêmio compreende sete categorias: Especial; Difusão Cultural e Direitos Humanos; Trabalho Acadêmico ou Científico; Patrimônio Cultural Arquitetônico; Patrimônio Cultural Arquivístico; Patrimônio Cultural Bibliográfico e; Patrimônio Cultural Museológico. O grupo com mais inscritos nesta primeira edição foi o de Difusão Cultural e Direitos Humanos.

Já o tema da categoria Especial será “Portal de Memória”. De acordo com a resolução que criou o prêmio, o assunto pode ser definido anualmente, com o intuito de estimular ou incentivar política específica de gestão de memória. Segundo o Programa Nacional de Gestão Documental e Memória do Poder Judiciário (Proname), nesta primeira edição, foram recebidas inscrições de práticas de direitos humanos, arquitetura, arquivos, bibliotecas, museus, trabalhos acadêmicos, e práticas relativas aos portais de memória dos tribunais.

Segundo o coordenador do Proname e juix auxiliar da Presidência do Conselho, Leandro Galluzzi, “o Prêmio CNJ Memória do Poder Judiciário tem o importante objetivo de promover a conscientização e a reflexão dos integrantes do Poder Judiciário e da sociedade, quanto à necessidade de conhecimento e valorização da História do Poder Judiciário. Além de estimular a eficiência e a inovação ao reconhecer e disseminar boas práticas voltadas à preservação e difusão da memória do Poder Judiciário.”

Evento

O II Encontro Nacional de Memória do Poder Judiciário terá em sua programação palestras e painéis de diversos temas, divididos em quatro eixos: Gestão de Memória; Conservação Preventiva e Preservação Digital; História Institucional e Patrimônio Cultural e; Promoção de Cidadania e Difusão de Acervos.

Criado pela Resolução CNJ n. 316/2020, que instituiu o 10 de maio como Dia da Memória do Poder Judiciário, o Encontro fomenta o intercâmbio de conhecimento e experiências de profissionais dos setores relacionados à memória dos tribunais, além de especialistas das áreas de História, Arquivologia, Biblioteconomia e Museologia. O primeiro encontro foi realizado na modalidade virtual, devido à pandemia da Covid-19.

Maria Ferreira, com supervisão de Thaís Cieglinski / Agência CNJ de Notícias

Foto/Crédito: CNJ

Fonte: https://www.cnj.jus.br/memoria-do-poder-judiciario-premio-recebe-mais-de-100-inscricoes-em-sua-1a-edicao/

Latest Posts

spot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CADASTRE SEU EMAIL

PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS DIARIAMENTE.