segunda-feira, 27 junho, 2022
spot_img

Para construir um Judiciário mais inclusivo, é preciso qualificação de seus servidores

Com a ampliação do uso de tecnologias digitais e também com a crescente qualificação acadêmica e profissional de seus servidores, o Poder Judiciário brasileiro tem avançado nos últimos anos na prestação de serviços mais eficientes, ágeis e inclusivos à população.

No entanto, ainda são muitos os desafios da Justiça brasileira. Segundo o Ministério da Justiça, são três os principais problemas do Judiciário no Brasil: excesso de processos, morosidade e falta de acesso a todos os cidadãos.

São desafios antigos, que ainda hoje requerem muitas medidas e investimentos. Algumas delas, no entanto, são de fácil execução, como medidas para aumentar a capacitação geral dos servidores, o que trará impactos relevantes na qualidade e na agilidade dos serviços prestados.

Uma medida essencial é a exigência de nível superior para ingresso na carreira de técnico do Poder Judiciário da União (PJU), que representam cerca de 60% dos servidores do PJU. Quem deseja um Judiciário cada vez mais inclusivo, apoia essa mudança!

Fonte: FENAJUFE

Latest Posts

spot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CADASTRE SEU EMAIL

PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS DIARIAMENTE.