terça-feira, 27 setembro, 2022
spot_img

Recomposição salarial: servidores realizam ato no Ministério da Economia em protesto aos 30 dias de descaso do governo

Servidores protocolaram no dia 18 de janeiro ofício pedindo abertura de mesa de negociação

Nesta manhã (18), servidoras e servidores representantes das três esferas do funcionalismo realizaram ato em frente ao Ministério da Economia, em Brasília. A atividade mostrou indignação ao descaso do governo com a pauta de reivindicação protocolada há 30 dias.

Estiveram presentes pela Federação a coordenadora Lucena Pacheco e os coordenadores Engelberg Belém, Evilásio Dantas, Fabiano dos Santos e Roberto Policarpo.

Os manifestantes repudiaram a falta de resposta do governo em dialogar com as categorias do serviço público. O período de silêncio evidencia negligência escancarada governista com o conjunto dos servidores. Um bolo representando um mês sem resposta foi repartido entre os participantes.

Pela Fenajufe, o coordenador Fabiano dos Santos reforçou que a unidade na luta é fundamental nesse momento para exigir recomposição salarial. Assista:

A coordenadora Lucena Pacheco e o coordenador Evilásio Dantas fizeram suas considerações: Lucena lembrou que os servidores públicos estão com salários congelados desde 2016/2017 e que a recomposição salarial é premente e urgente.Evilásio Dantas enfatizou que os servidores já estão em estado de greve e que todos os servidores tiveram perdas, não apenas o segmento dos policiais, e que a reivindicação é por “isonomia de reajuste emergencial para todos os servidos públicos federais de todo o Brasil”.  Assista:

Em sua fala Roberto Policarpo questionou o silêncio e descaso do governo nesses 30 dias e destacou a importância da mobilização de hoje na construção da greve geral do funcionalismo em março. Veja:

Finalizando a composição dos vídeos, Engelberg Belém e Fabiano dos Santos reafirmaram a necessidade do reajuste imediato. Citando atual conjuntura, Belém disse que o País vive período de inflação alta e que cada servidor e cada servidora está sentindo isso com aumento de despesas. Para concluir, Fabiano dos Santos reforçou que o ato é alusivo aos três últimos anos em que nenhuma categoria do serviço público teve qualquer tipo de recomposição. E que se necessário for, construir uma grande greve unificada no funcionalismo. Assista:

A pauta foi entregue no dia 18 de janeiro e, além da recomposição salarial imediata das perdas inflacionárias no total de 19,99%, o protocolo pede o arquivamento da reforma administrativa (PEC 32) e a revogação da EC 95.

Joana Darc Melo e Raphael de Araújo

Foto/Crédito: FENAJUFE

Fonte: https://www.fenajufe.org.br/noticias/noticias-da-fenajufe/8606-recomposicao-salarial-servidores-realizam-ato-no-ministerio-da-economia-em-protesto-aos-30-dias-de-descaso-do-governo

Latest Posts

spot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CADASTRE SEU EMAIL

PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS DIARIAMENTE.