domingo, 29 janeiro, 2023
spot_img

Site que coleta as assinaturas em defesa da democracia sofre tentativas de invasão

Site Estado de Direito Sempre!, sofreu mais de 1500 tentativas de ataques de hackers desde que foi ao ar. O manifesto em defesa da democracia já conta com 164 mil assinaturas

Desde que foi ao ar no dia 26 (terça-feira), o site Estado de Direito Sempre! sofreu 1.538 tentativas de ataques de hackers, que tentam derrubá-lo, além de detratores se utilizarem de xingamentos para tentar tumultuar a lista de signatários; o que fez a organização montar um esquema de segurança digital, o que impediu os ataques. O site coleta assinaturas à Carta às brasileiras e aos brasileiros em defesa do Estado Democrático de Direito. 

Até esta quarta (27), a plataforma que hospeda a carta já havia recebido mais de 4,5 milhões de acessos, de acordo com a colunista da Folha de São Paulo, Mônica Bergamo. As assinaturas em defesa da democracia já atingiram 100 mil, em 24 horas. A informação mais atualizada da Faculdade de Direito da USP, fala em 164 mil assinaturas.

O documento será lido em evento na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), no dia 11 de agosto, mesma data que a CUT e movimentos sociais farão mobilizações em todo o país em defesa da democracia.

Leia mais:  CUT e movimentos populares farão atos em defesa das urnas no dia 11/8

A nova edição da Carta aos Brasileiros critica “ataques infundados e desacompanhados de provas” em relação ao processo eleitoral, à democracia e ao Estado de direito “tão duramente conquistado pela sociedade brasileira”. E considera “intoleráveis” as ameaças a outros poderes e a setores da sociedade, além da “incitação da violência e a ruptura da ordem constitucional”.

A carta resgata ainda a resistência à ditadura civil-militar (1964-1985), reforçando que o país já passou por oito eleições seguidas para presidente da República. No entanto, agora o Brasil revive tentativas de desestabilização, que não terão sucesso, asseguram os autores. “Nossa consciência cívica é muito maior do que imaginam os adversários da democracia. Sabemos deixar ao lado divergências menores em prol de algo muito maior, a defesa da ordem democrática.”

Entidades patronais também se manifestam

A defesa da democracia também está sendo feita por entidades patronais como a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

O outro manifesto, intitulado “Em Defesa da Democracia e da Justiça”, de cerca de cinco parágrafos, será endossado por entidades empresariais e da sociedade civil. É este que contará com apoio da Fiesp, que a Febraban anunciou oficialmente que irá assinar. O Banco do Brasil (BB) e a Caixa Econômica Federal (CEF) que fazem parte da entidade não se manifestaram. Os dois bancos públicos divergiram e optaram por uma posição de “neutralidade” para não gerar “gesto político” em pleno período eleitoral, segundo fontes das duas instituições, ouvidas pelo Estadão

Esse texto também deverá ser lido no ato organizado pela Faculdade de Direito do Largo São Francisco, no dia 11 de agosto.

Escrito por: Redação CUT | Editado por: Rosely Rocha

Foto/Crédito: Abdias Pinheiro/SECOM/TSE (FOTOS PÚBLICAS)

Fonte: https://www.cut.org.br/noticias/site-que-coleta-as-assinaturas-em-defesa-da-democracia-sofre-tentativas-de-invas-ebcf

Latest Posts

spot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CADASTRE SEU EMAIL

PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS DIARIAMENTE.