As propostas não apreciadas no evento serão discutidas em nova Ampliada a ser convocada para 19 de setembro

Aconteceu no último sábado, 22, a primeira Reunião Ampliada da Fenajufe em ambiente virtual. O SINDJUF-PA/AP participou do evento e foi representado pelos servidores Marco Antônio Cardoso – JMU (Delegado); Daise Santos – TRE-AP (Delegada); Cristovam Monteiro – TRT/8ª (observador).

A pauta central da Ampliada foi o retorno dos servidores do Judiciário Federal e MPU às atividades presenciais e os cuidados sanitários de preservação da saúde de servidores, mesários e população em geral, durante a realização das eleições municipais 2020.

A preocupação com o retorno às atividades presenciais e a realização de eleições acirrou as discussões acerca da construção de uma greve da categoria pela defesa da vida dos trabalhadores e trabalhadoras.

Diante do cenário de pandemia e considerando a segurança sanitária foram apresentadas duas propostas de mobilização. Uma que defendia a greve imediata e outra que defendia greve no caso de os tribunais não atenderem as demandas protetivas para garantir a saúde e a vida dos servidores. As duas propostas tinham em comum a manutenção do trabalho remoto e a proteção de pessoas do grupo de risco.

Após mais de 12 horas de debate a plenária aprovou com 54 votos a resolução de construção imediata de GREVE SANITÁRIA. A proposta que defendia greve somente no caso do não atendimento das medidas de segurança sanitária pelos Tribunais obteve 35 votos, e houve ainda 2 abstenções. O indicativo de greve já havia sido aprovado no seminário do Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais – Fonasefe – realizado de 12 a 14 de agosto.

#FORABOLSONARO

Também foi aprovada a adesão ao movimento Fora Governo Bolsonaro. A Federação orienta que os sindicatos fortaleçam a campanha nos estados. Nos próximos dias a Federação irá desenvolver a identidade visual para divulgação junto ao manifesto construído na Direção.

Nova Ampliada

Uma nova reunião ampliada deverá ser convocada para o dia 19 de setembro para apreciação das mais de 50 propostas apresentadas e destacadas, mas que não foram apreciadas.

Debates

O debate sobre Conjuntura que ocorreu no início do evento teve a participação do assessor e consultor de entidades sindicais Vladimir Nepomuceno e Marilane Teixeira, Doutora em desenvolvimento econômico pelo Instituto de Economia da UNICAMP.

Os palestrantes abordaram temas como austeridade fiscal que segundo a Dra. Marilane faz parte de uma decisão política e não um modelo econômico, uma financeirização das economias com objetivo de retirada de recursos dos serviços públicos. Já o palestrante Vladimir abordou a retomada da agenda neoliberal, que tem a pretensão de acelerar a tramitação das três PECs (Proposições de Emendas à Constituição) do chamado Plano Mais Brasil: PECs 186, 187 e 188, que tramitam no Senado. Vladimir também falou sobre as dificuldades do teletrabalho e como ele pode ser prejudicial para as mulheres e para os trabalhadores mais jovens.

VEJA AQUI A MATÉRIA OFICIAL SOBRE O EVENTO

VEJA AQUI MATÉRIA COMPLETA SOBRE OS DEBATES