O coordenador do Sindjuf-PA/AP, Manoel Raimundo da Fonseca, esteve na manhã de hoje (28) ajudando os servidores do INSS de Macapá a alertar à população sobre o caos que o Órgão vem enfrentando, com longas filas e demora no acesso de benefícios.

A manifestação ocorreu em frente a agência da Leopoldo Machado e denunciava o desmonte e militarização do INSS.

O coordenador Manoel Raimundo ajudou os servidores a distribuírem panfletos que informavam à população as reais condições dos trabalhadores que enfrentam jornadas de 12 a 15 horas de trabalho.

Além do desmonte do INSS, os servidores lutavam contra a Reforma administrativa, pretendida pelo Governo, redução salarial, fim da estabilidade e o corte em diversos benefícios.

Os servidores aproveitaram o momento para convocar toda a sociedade para participar do Dia Nacional de Greve e Paralisações, que ocorrerá no dia 18 de março, organizado por diversas entidades.