Apesar do clima de feriadão que esvaziou o Congresso Nacional e remeteu a expectativa de votação do PLC 28/2015 para a próxima semana, o movimento paredista no Judiciário Federal vem se fortalecendo cada vez mais nos tribunais de todo o país.

Em Belém do Pará, os servidores da Justiça Eleitoral e da Justiça do Trabalho paralisaram suas atividades e se concentraram no hall de entrada de seus respectivos Tribunais.

Na Justiça Eleitoral o dia iniciou com mobilização no local onde fica o ponto biométrico dos servidores. A coordenadora de imprensa do Sindjuf-PA/AP, Conceição Mota, e as servidoras Alcyone Beatriz e Maura Marizita, já em clima junino, conversavam com os colegas na tentativa de sensibilizá-los a aderirem ao movimento paredista de 24 horas. A abordagem foi feita ao som de muito forró, xote e carimbó.

PLC 28/2015: Categoria do Pará e Amapá intensifica as mobilizações e aprova paralisação para os dias 9 e 10 de junhoNo início do ato, a concentração nos dois tribunais estava um pouco tímida. Para incrementar a adesão ao movimento, grupos de servidores se disponibilizaram a fazer o famoso “Arrastão da Greve” e chamar para a paralisação aqueles que ainda permaneciam nas salas trabalhando.

Foram formados dois grupos com a participação da Coordenadora Conceição Mota e os companheiros Waldson Silva, Haidee Duarte, Ângelo Passos, Alcides, Valdízio e Maura. Com o discurso de que a categoria precisa aproveitar esse momento importante e favorável à aprovação da Recomposição Salarial, os grupos apelaram para a sensibilidade e solidariedade dos colegas que ainda não aderiram ao movimento, destacando a necessidade da unidade da categoria em nível nacional.

O Coordenador Ribamar França repassou os informes sobre sua ida a Brasília e a Macapá, ressaltando o intenso trabalho junto aos senadores e a grande adesão dos companheiros do Amapá ao movimento paredista.

O Diretor-Geral do TRE-PA, Francisco Valentim Maia, solidário com a luta dos servidores, esteve presente na assembleia para reforçar a legitimidade da luta da categoria e ratificar o seu apoio ao movimento. Valentim informou que enviou ofício aos senadores da bancada do Pará, solicitando apoio à aprovação do projeto de recomposição salarial.

No TRT-8ª, os coordenadores Raimundo Abreu, Osvaldo Oliveira (VT-Capanema), Wladimir Batista, acompanhados dos companheiros Antônio Mota, Cristina Gemaque e Virgínia também foram aos locais de trabalho convocar os servidores para participarem da paralisação.

PLC 28/2015: Categoria do Pará e Amapá intensifica as mobilizações e aprova paralisação para os dias 9 e 10 de junhoO resultado foi imediato, nos dois tribunais, pois os companheiros desceram para participar do movimento e da assembleia que definiu os novos rumos da luta a partir da próxima semana.

PLC 28/2015: Categoria do Pará e Amapá intensifica as mobilizações e aprova paralisação para os dias 9 e 10 de junhoDeliberações das assembleias setoriais

PARÁ

TRE/PA – Assembleia Setorial de mobilização, no dia 09/06, para definir as estratégias para a paralisação do dia 10/06;

TRT-8ª – Paralisação no dia 10/06.

AMAPÁ

Assembleia Geral dia 05/06, na Justiça Federal, em Macapá, para deliberar sobre greve por tempo indeterminado, a partir do dia 10/06;

TRE/AP – Proposta de paralisação nos dias 09 e 10/06 e todas as terças e quartas-feiras, até a votação e aprovação do PLC 28/2015 que será levada à AG do dia 05/06.

JF/AP – Proposta de greve por tempo indeterminado, a partir do dia 10/06, que será levada à AG do dia 05/06.

Para reforçar a disposição de luta dos servidores, o Sindjuf-PA/AP ofereceu café da manhã e também um delicioso almoço para recompor as energias, depois de um dia de muita mobilização.

Com a boa notícia de hoje, de que o PLC 28/2015 foi pautado para votação no dia 10/06, a próxima semana será decisiva e por isso a luta deve ser intensificada em todos os tribunais.

Fonte: Imprensa do SINDJUF-PA/AP