Representantes de entidades sindicais realizaram na última sexta-feira (29) um encontro na sede do SINSEPEAP/AP (Sindicato dos Professores do Estado do Amapá) para organizar estratégias de esclarecimento à população sobre a Reforma Administrativas que prejudica a estabilidade do servidor público e contribui para o desmonte do serviço público.

A reunião contou com a presença do coordenador Geral do Sindjuf-PA/AP, Manoel Raimundo da Fonseca, que estava acompanhado do servidor da JF-AP, Michel Assunção e de representantes do Sindicato dos Servidores do Ministério Público do Amapá, SINSEPEAP, SINDSEP, CUT, CSP Conlutas, SINCOOTRAP.

Durante o encontro ficou definido a organização e realização de um ato público que ocorrerá no dia 6 de dezembro, na Praça da Bandeira, em Macapá. Na ocasião, serão distribuídos materiais impressos com o objetivo de esclarecer os prejuízos das reformas apresentadas ao Congresso Nacional, a exemplo das PECs 186, 187 e 188/2019, que fazem parte do chamado Pacote Mais Brasil.

O grupo também organiza uma manifestão em frente a Assembleia Legislativa do Amapá para o dia 13 de dezembro, 9h, a fim discutir as medidas e pressionar os parlamentares a aderirem a frente parlamentar mista de apoio aos servidores públicos e ao serviço público. A ideia já conta com o apoio da Deputada Cristina Almeida, do PSB, Paulo Lemos, do Psol, Dr. Furlan, do PTB e e Jory Oeiras, do PRB.