O oficialato brasileiro contabiliza 100 mortes por infecção da Covid-19 em todo o Brasil. São 100 Oficiais de Justiça federais e estaduais que não sobreviveram à doença; 100 pais e mães, filhos, avós que se juntaram à absurda estatística dos 557 mil óbitos ocorridos no país.

A diretoria da Fenassojaf presta sua homenagem a cada Oficial de Justiça morto desde março de 2020 e se solidariza com os familiares daqueles que não resistiram à gravidade do coronavírus pelas diversas regiões brasileiras.

O número é o maior entre os servidores do Poder Judiciário e reafirma o quanto os Oficiais de Justiça estão expostos a todo tipo de risco no exercício da função. 

A prioridade da vacina chegou tardia e pontualmente, apesar do trabalho incansável da Associação Nacional, em conjunto com as demais entidades representativas de nível nacional e regionais.

Nosso luto e homenagem aos 100 Oficiais de Justiça! Sempre presentes!

1 – José Dias Palitot
2 – Clarice Fuchita Kresting
3 – João Alfredo Portes
4 – Kleber Bulle da Rocha
5 – Roberto Carvalho
6 – Wanderley Andrade Rodrigues
7 – Mario Lucio Ferreira
8 – Léo Damião Braga
9 – Adelino de Souza Figueira
10 – Dora Bastos Costa
11 – Maurício Maluf
12 – Valter Campos de Almeida
13 – Oldeildo Marinho
14 – Ronaldo Luíz Diógenes Vieira
15 – Cristiana de Medeiros Luna
16 – Eliseu Rangel Soares
17 – José Bento Tavares
18 – Marcos Uchoa de Freitas
19 – Aristeu Pereira da Cruz
20 – Irani Inacio Silveira
21 – José Roberto Cavalcanti Moura
22 – Marcio Guglielmi
23 – Alberto Cabariti Filho
24 – Nadea Maria da Câmara
25 – Rubens Celso de Souza Lima
26 – Neuzomir Marques
27 – Landir Antunes
28 – José Renato Soares Bandeira
29 – Cleiber dos Santos Amaral
30 – João Francisco Filho
31 – Felipe Gouveia
32 – Valter Antunes Azeredo
33 – Guilhermina da Fonseca Nunes
34 – Pérola Rozen Sztajnberg
35 – Enio Rogerio Albino Ramos
36 – Mário Piva
37 – Rogério Lira
38 – Raimundo José de Brito Filho
39 – Petrônio dos Passos Gomes
40 – Helilton José de Andrade Soares
41 – Glória Aparecida do Carmo Lopes de Oliveira
42 – Eliel Ribeiro dos Anjos
43 – José Afonso Soares
44 – Rômulo Pessoa de Oliveira
45 – Aloysio de Toledo Costa Rangel
46 – Gelson Sampaio de Souza
47 – Eduardo Tibério de Araújo
48 – Ismael Diniz
49 – Fábia Maria Araújo Mendonça
50 – Geraldo Caldeira Figueiredo
51 – Reinaldo de Oliveira Santos
52 – José de Assis Santos
53 – José Leonardo Fraga do Couto
54 – Carlos Alberto Esteves Lima
55 – Getúlio Teixeira de Lacerda
56 – Jairo Jose De Avila Machado
57 – Jorge Agostinho Eugênio
58 – Antônio Pereira Barros Filho
59 – Paulo Henrique Domingos do Amaral
60 – Ricardo Roberto dos Santos
61 – Almiro Correia de Rezende
62 – José Carlos Araujo Rocha
63 – Deoclecio Xavier Dias
64 – Osmar Rubens Mieres Rios
65 – João Bosco Albuquerque Rodrigues
66 – Cláudio Bueno Salgado
67 – Ernesto de Lima
68 – Cláudio Costa Coaracy
69 – Antonio Manito de Lima
70 – Esther Avoletta da Costa
71 – Maria José Nunes
72 – Sidney Augusto da Silva Garcez
73 – Itaçara Heyder
74 – Jorge Alberto Rancone de Souza
75 – Claudio Benedito Rodrigues
76 – Fernando Antônio Portela Cruz
77 – Francisco Arruda
78 – Josias de Almeida Borges
79 – Roberto Pires Silveira
80 – Gizella Conceição Seidler
81 – Gilson Santos Colussi
82 – Jadir Izar
83 – Allan Sérgio Abreu Lima
84 – Mario Rodrigues Júnior
85 – Lucinei Luiz Guimarães
86 – José Venâncio Gouvea
87 – Luiz Carlos Mussatto
88 – José Marra de Castro Neto
89 -Evaldo da Silva
90 – Geraldo Leite Pereira
91 – Jacyr de Souza Filho
92 – Hailton Magalhaes de Oliveira
93 – Luiz Carlos Penafiel
94 – Benedito Carlos Caetano
95 – Denis Lopes Franco
96 – Helmiton de Almeida Carlos
97 – Amir dos Santos Blal
98 – Leon Prata Neto
99 – Darcy Maria Galletti Forti Ferrari
100 – Maria da Paz

Por Caroline P. Colombo

Reprodução: Fenassojaf

Imagem licenciável / Criador: Piotrekswat Crédito: Getty Images/iStockphoto