Ventos e chuvas fortes provocaram o deslocamento das placas de alumínio, com risco de queda.

As fortes chuvas que vêm caindo na capital paraense costumam vir acompanhadas de fortes rajadas de vento, causando prejuízos em diversos bairros da cidade. No final da tarde de segunda (13) foi a vez do edifício do Fórum Trabalhista de Belém, no bairro do Umarizal, sofrer consequências, com o deslocamento de duas placas de revestimento da sua fachada.

Tão logo detectado o ocorrido, a equipe de segurança do órgão atuou de forma atenta e diligente, isolando a área da calçada na frente do tribunal e acionando os Bombeiros, para análise de eventuais riscos, já que as placas ficaram penduradas.

Após visita ao local, a equipe dos Bombeiros solicitou uma ampliação da área restrita, ocasionando o fechamento das entradas das duas garagens, do tribunal e da rampa do estacionamento do Fórum, impossibilitando o acesso de carros às vagas desses locais. Ainda de acordo com os Bombeiros, não foi necessário o pedido de fechamento da via.

Nas primeiras horas da manhã de ontem (14), os Bombeiros retornaram com equipamentos para acessar as placas com cordas, para resolução definitiva do problema. Da mesma forma, a diretoria geral do TRT8 acionou a construtora responsável pela obra, para análise da situação de risco de soltura e queda das demais placas que revestem o edifício que abriga todas as varas do Trabalho de Belém, que ainda atuam em regime de teletrabalho.

A placa foi retirada no meio da manhã – uma delas se soltou e caiu ao amanhecer, sem causar dano material ou físico – com a liberação da área da calçada que havia sido isolada pela equipe de segurança do TRT8. De acordo com o coordenador de Manutenção e Projetos do TRT8, engenheiro Carlos Roberto Araújo, quatro placas foram atingidas. “Estamos tendo chuvas muito fortes e, com a confluência dos ventos, ele acumula – o que chamamos pressão de vento – neste canto do prédio. Duas placas de alumínio soltaram e afetaram mais duas, que serão retiradas”, conta.

Hoje (15), uma equipe de profissionais com equipamentos de rapel já está analisando a situação como um todo. A análise das condições de todas as placas deve ser concluída até o final da próxima semana, para que o TRT8 defina as providências a serem tomadas para evitar a repetição do caso.

Foto/Crédito: ASCOM8

Fonte: https://www.trt8.jus.br/noticias/2021/bombeiros-sao-acionados-para-retirar-placas-soltas-na-fachada-do-trt8