terça-feira, 27 setembro, 2022
spot_img

Campanha do TRE-PA arrecada doações de resíduos eletroeletrônicos

A iniciativa é fruto de uma parceria entre o TRE do Pará, por meio do Núcleo Socioambiental e de Acessibilidade e Inclusão (NSA) e o Instituto Alachaster.

O TRE do Pará, por meio do Núcleo Socioambiental e de Acessibilidade e Inclusão (NSA), em parceira com Instituto Alachaster, promove uma campanha de arrecadação de equipamentos eletroeletrônicos usados em bom estado, ou em condições de conserto e/ou novos para serem utilizados no Laboratório Sustentável. O projeto surgiu através do Acordo de Cooperação Técnica n.º 24/2022 firmado em junho, entre as duas instituições, e tem o objetivo de capacitar alunos da rede pública para o recondicionamento de resíduos sólidos como, celulares, notebooks, computadores, tablets e outros.

O trabalho do Laboratório Sustentável contribui para o aprimoramento da gestão socioambiental do Tribunal, a partir das capacidades técnicas das (os) participantes para operacionalizar ações compatíveis com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável e o Plano de Logística Sustentável do TRE.

Para que haja a criação de novas turmas, é necessária a ampliação da quantidade de materiais a serem utilizados pelos jovens. “É importante que um número maior de pessoas faça doações de equipamentos eletrônicos, novos ou usados em boas condições, para que mais jovens possam ser atendidos com o projeto. Não raro, guardamos equipamentos eletrônicos que não usamos mais. Nesse caso, a doação é uma alternativa para se desfazer de um objeto que não é mais útil para a pessoa que doa, mas é muito significativo para quem o recebe”, explica Elen Ivo, chefe do Núcleo Socioambiental e de Acessibilidade e Inclusão.

Ainda segundo Elen Ivo, a iniciativa contribui de forma inestimável para a sociedade. “O projeto é importante para a sociedade na medida em que estimula a consciência socioambiental, evidencia o valor das ações coletivas e aproxima a Justiça Eleitoral da população. Pequenas atitudes no cotidiano podem promover grandes transformações na vida das pessoas”, fala.

O início da capacitação da primeira turma ocorreu em junho e contou com 10 alunas e alunos da Escola de Ensino Técnico do Estado do Pará Professor Anísio Teixeira. Entre os temas abordados nas aulas teóricas e práticas, o recondicionamento de resíduos eletrônicos, upcycling e meio ambiente. Para a estudante Manuelle Lopes dos Anjos, de 21 anos, uma oportunidade especial de renovação de conhecimentos. “Muita coisa mudou para mim depois da participação no projeto. Aprendi uma série de coisas sobre aproveitamento e descarte correto de computadores, impressoras e outros equipamentos eletrônicos. Além de desenvolver a minha consciência ambiental. Agora já sei exatamente o que fazer e o que não fazer com materiais como plástico, ferro, vidro e outros”, explica.

Para a diretora de relações institucionais do Instituto Alachaster, Gilzely Cavalcante, a iniciativa incentiva diversos aspectos positivos na sociedade. “O projeto Laboratório Sustentável fomenta a geração de emprego e renda de jovens de 16 a 21 anos de idade. Os alunos ficaram surpresos com as informações obtidas acerca dos resíduos eletrônicos e as diversas possibilidades de reaproveitamento e recondicionamento dos materiais, bem como mostraram interesse em aprofundar os estudos sobre essa oportunidade de aprendizado e trabalho. Além disso, contribuímos com a redução do impacto ambiental associado ao descarte inadequado de resíduos”, conta.

Pontos de Coleta

– Os materiais coletados (público interno) podem ser entregues na sede do TRE/PA, na sala do Núcleo Socioambiental e de Acessibilidade e Inclusão (NSA), em frente ao Sicoob, no anexo IV.

– O Instituto Alachaster também está recebendo os materiais eletrônicos em condições de uso e/ou reaproveitamento em seus ECOPONTOS, a saber: ECOPONTO – Prédio sede do IAES (Travessa Humaitá, 2627, Marco, entre Almirante Barroso e João Paulo II); ECOPONTO – Porto Futuro; ECOPONTO – Parque do Utinga. No ato da entrega deve ser informado sobre a destinação dos materiais para o PROJETO LABORATÓRIO SUSTENTÁVEL DO TRE/PA.

Sobre o Instituto Alachaster

É uma associação sem fins lucrativos, que atua desde 2016 em Belém, formada por empreendedores que desenvolvem conexões entre as diversas áreas da sociedade, utilizando os princípios e as ferramentas dos negócios sociais.

A entidade trabalha sobre os pilares da sustentabilidade, cidadania e melhoria na qualidade de vida e a utilização destes conceitos para a prática diária das pessoas incentivando ações como: o cultivo natural de plantas diversas (hortaliças, ervas, temperos, ornamentais e medicinais) em espaços urbanos públicos ou particulares, e a segregação e correta destinação de resíduos recicláveis produzidos nas residências. Além disso, promovem a transferência de tecnologia social para o desenvolvimento da capacidade empreendedora do indivíduo e de grupos sociais, através de palestras educativas e oficinas para reaproveitamento de materiais.

Foto/Crédito: Ascom do TRE-PA

Texto: Ana Paula Bezerra, Ascom TRE do Pará

2 COMENTÁRIOS

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Latest Posts

spot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CADASTRE SEU EMAIL

PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS DIARIAMENTE.