25 entidades integram o Movimento, cujo objetivo é implementar estratégias contra as propostas que atingem o serviço público.

Um dos integrantes do Movimento a Serviço do Brasil, o Sindjuf-PA/AP, representado pelo coordenador Ribamar França participou nessa quinta-feira, 29, da Sala de Entrevista – Especial Live da Fenajufe – com o intuito de apresentar o Movimento a Serviço do Brasil.

O Movimento denuncia o trágico cenário de enfraquecimento dos serviços públicos e de seus servidores que garantem atendimento à população.  

O coordenador teceu comentários sobre a atual situação, que ele considera o momento propício para a UNIÃO.  “A estabilidade está ameaçada, os concursos públicos e os direitos da sociedade”, disse Ribamar que também falou da importância de esclarecimento da própria categoria que desconhece o conteúdo e malefícios da reforma.

O grupo é composto pela Fenajufe, Fenajud, Fenafisco, Fenamp/Ansemp, Fenassojaf, Serjusmig, Sindifisco/MS, Sindissetima/CE, Sindjuf PA/AP, Sindjufe/MS, Sindjus/RS, Sindjustiça/GO, Sindsemp/MG, Sinjap/AP, Sinjus/MG, Sinjusto/TO, Sintaj/PB, Sintrajud/SP, Sintrajufe/PE, Sintrajufe/RS, Sisejufe/RJ, Sitraam/AM, Sitraemg/MG, Aojustra, Associação dos Servidores do MPRJ e Assojaf/MG.

O Movimento lançou o vídeo-manifesto no 28 de outubro, Dia do Servidor e da Servidora Públicos. Ele também está sendo veiculado na imprensa comercial.

O vídeo

Assista aqui o VÍDEO da campanha.