segunda-feira, 30 janeiro, 2023
spot_img

Encontro de T.I. termina e indica os eixos para avanços na valorização do segmento e de toda a categoria

O segundo dia de trabalho do primeiro Encontro Nacional da Fenajufe de Servidoras e Servidores de T.I. do PJU e MPU foi marcado, principalmente, pelos debates acerca dos mecanismos para valorização não só do segmento, mas de toda a categoria. O ponto foi objeto de discussão, norteado pela orientação já definida no primeiro dia do encontro, de que a melhoria das condições de trabalho e a valorização não sejam apenas “da” T.I. e sim, para toda a categoria, “a partir” da T.I.

E foi com essa perspectiva que, ao final das discussões, foram aprovados os eixos que direcionarão as próximas etapas da organização do segmento:

– Indicar a organização sindical como instrumento para avanços na carreira;

– Apontar a luta conjunta com a categoria como o caminho para avanços;

– Construir a valorização salarial de toda a categoria como o principal instrumento de valorização de todas as carreiras, inclusive a do segmento de TI;

– Cobrar políticas de valorização e estímulo à qualificação profissional;

– Construir propostas de enfrentamento aos problemas e de valorização que sejam o mais amplas, com maior abrangência à categoria;

– Fomentar e participar do debate estrutural de carreira;

– Encaminhar estudos técnicos e orçamentários sobre o melhor instrumento de valorização da carreira;

– Reforçar a recomendação aos sindicatos, de criação dos núcleos de TI;

– Estabelecer o Coletivo de TI da Fenajufe.

Esses eixos deliberados também nortearão a construção de um manifesto da T.I., já em fase de construção por uma comissão formada pelos servidores Fabiano dos Santos, André Muniz, Vinícius Paes e Marcell Manfrin, com apoio de Vera Miranda, da Assessoria Técnica da Fenajufe.

A partir do Encontro, o Coletivo de T.I. materializou-se e a agora o desafio passa a ser implementá-lo efetivamente.

Moções

O primeiro Encontro Nacional da Fenajufe das Servidoras e dos Servidores de T.I também aprovou duas moções. A primeira dirigida aos servidores e servidoras da Justiça Eleitoral e outra, de apoio à Oficiala de Justiça Beatriz Massariol, servidora do TRF-3 e diretora do Sintrajud/SP:

Moção de Repúdio aos ataques de Bolsonaro ao Sistema Eleitoral e de apoio às Trabalhadoras e Trabalhadores da Justiça Eleitoral

Nós servidores e servidoras reunidos no Encontro Nacional da Fenajufe de Servidoras e Servidores de TI no dia 31de julho repudiamos as críticas infundadas e manifestamos nosso apoio ao processo eleitoral eletrônico vigente que tem garantido os princípios de segurança da elegibilidade, autenticidade, anonimato, não coercibilidade do eleitor e da unicidade, precisão e integridade de seu voto.

Nos causa profunda indignação os reiterados ataques por parte do Presidente da República ao trabalho desenvolvido pelos servidores e servidoras da Justiça Eleitoral e à democracia.

Reafirmamos a defesa das liberdades democráticas e cobramos das autoridades judiciárias e parlamentares medidas urgentes e suficientes para garantir a segurança durante as Eleições 2022 e a promoção de responsabilidade a quem atenta contra o livre exercício dos direitos políticos e contra a democracia.

Moção de Solidariedade a Beatriz Massariol

Nós servidores e servidoras reunidos no Encontro Nacional da Fenajufe de Servidoras e Servidores de TI no dia 31de julho manifestamos nossa solidariedade à companheira Beatriz Massariol, diretora do Sintrajud/SP – Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal no Estado de São Paulo, bem como, cobra a imediata revogação da demissão da servidora.

A demissão de Beatriz ocorre em sequência a um conjunto de atos abusivos da presidente do Tribunal, desembargadora Marisa Santos. Os companheiros trabalhadores do TRF3 vem sendo alvo da cobrança de compensação de horas não trabalhadas durante a pandemia, fato inédito entre os tribunais. O TRF3 protagonizou ainda a mudança das regras de teletrabalho do órgão, sem qualquer diálogo, com forte impacto na vida e na saúde dos trabalhadores daquele Tribunal.

É nesse contexto, que mais um grave ataque é desferido contra os trabalhadores daquela casa, com a demissão de uma dirigente sindical eleita pela categoria. A rigor, este é um ataque a toda a organização da classe trabalhadora.

Beatriz, que é oficiala, tem 26 anos de serviço público, com histórico funcional exemplar.  A colega enfrentou sérias dificuldades, inclusive de saúde, relacionadas ao ambiente de trabalho na Central de Mandados. Pediu remoção e estava executando suas funções com a dedicação de sempre.

O ato da Presidente, desconsiderou os problemas de saúde da colega, e ignorou o parecer da comissão processante, que não indicava a demissão.

Os servidores e servidoras presentes no Encontro se solidariza com Beatriz e apoia a campanha pela IMEDIATA anulação da demissão da diretora do Sintrajud e pelo respeito aos trabalhadores e às suas organizações.

Brasília, 31 de Julho de 2022.

Encontro Nacional de TI – Fenajufe

Foto/Crédito: Fenajufe

Fonte: Luciano Beregeno, da Fenajufe

Latest Posts

spot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CADASTRE SEU EMAIL

PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS DIARIAMENTE.