Entidades sindicais repudiaram um ofício emitido pela Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém – SEMOB, não autorizando a colocação de busdoor com a campanha “Vacina no braço, comida no prato! #ForaBolsonaro”.

As entidades entenderam que a proibição partia de uma censura política da Prefeitura de Belém, com o intuito de coibir a livre manifestação de ideias.

VEJA AQUI O INTEIRO TEOR DA CARTA DE REPÚDIO

Assinam o manifesto: ANDESSN Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino SuperiorRegional Norte II ADUFPA Associação dos Docentes da Universidade Federal do Pará SINDUEPA Sindicato dos Docentes da Universidade do Estado do Pará SINDTIFESPASind. dos Téc. Administrativos das Instituições Federais de Ensino Superior do Pará SINASEFEPA Sind. Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica Seção IFPA e ETRB SINDJUFPA/AP Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário Federal do Pará e Amapá SINTSEPPA Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Federal do Pará SINAPA Sindicato Nacional dos Aeroportuários Seção Pará CSP CONLUTASPA Central Sindical e Popular Par