Federação retoma ao tema da PEC32 nesta semana e convida  assessor político e um parlamentar para mesa de debates

A Fenajufe segue incansável na luta contra a aprovação da PEC que sinaliza o fim dos serviços públicos para a população e a destruição do estado brasileiro. A Reforma Administrativa está sendo planejada para atender os interesses do mercado financeiro. Com ela vem as privatizações, precarização dos serviços e retirada de direitos dos atuais e futuros servidores.

A quem serve a Reforma Administrativa? Com essa provocação a Fenajufe convidou o deputado federal Rogério Correia, que é um dos coordenadores da Frente Parlamentar Mista do Serviço Público e o Analista e Consultor Político, Antônio Augusto Queiroz, o Toninho do DIAP- para pontuar os efeitos nocivos e destrutivos da PEC32.

Defender o serviço público e combater essa reforma é fundamental para a sociedade. Para isso é importante usar informações e esclarecimentos do tema como mecanismo eficaz de conscientização da população sobre o que está por traz e o que esperar com a aprovação da Reforma.

A Live tem início as 18:30h e vai promover o debate de desconstrução do projeto de reforma que visa penalizar a população que mais depende dos serviços. Com a reforma, acesso a saúde pública, educação, segurança e justiça serão negados principalmente aos mais vulneráveis.

Convidados:

Antônio Augusto Queiroz – Toninho do DIAP; Jornalista, analista e consultor político, mestrando em Políticas Públicas e Governo pela FGV-DF. É sócio-diretor das empresas “Queiroz Assessoria em Relações Institucionais e Governamentais” e “Diálogo Institucional Assessoria e Analises de Políticas Públicas”, diretor de documentação do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), idealizador e coordenador da publicação Cabeças do Congresso. É autor dos livros Por dentro do processo decisório – como se fazem as leis e Por dentro do governo – como funciona a máquina pública.

Rogério Correia:Deputado Federal eleito pelo PT de Minas Gerais. Atualmente é relator da Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga o crime de Brumadinho, membro da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público, (CTASP) da Comissão de Direitos Humanos (CDH) e vice-líder do PT na Câmara dos Deputados. Foi deputado estadual por quatro mandatos e vereador por três mandatos em Belo Horizonte, sempre pelo PT, partido do qual é um dos fundadores. É professor de Matemática e fundador do Sind-UTE, o sindicato dos professores da rede pública mineira. No segundo governo Lula (2006 a 2010), foi delegado federal do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), sendo o responsável pela coordenação das políticas públicas para agricultura familiar e reforma agrária no estado.

A mediação é dos coordenadores Isaac Lima e Luiz Cláudio Correa.

Acompanhe pelo:

Facebook – https://www.facebook.com/fenajufe.nacional/

YouTube – https://bit.ly/3bGcuGj

Fonte: Joana Darc Melo, da Fenajufe