sobre brasil

Após a “dança das cadeiras” que trocou ao menos vinte integrantes da comissão especial que analisa a PEC 125/2019, que prevê o voto impresso, o colegiado volta a se reunir a partir das 15h de hoje. Na véspera do recesso parlamentar, deputados favoráveis à proposta – defendida veemente pelo presidente Jair Bolsonaro e seus apoiadores – tentam aprovar a mudança constitucional.

Os deputados votarão o parecer do relator, deputado Filipe Barros (PSL-PR), apresentado há quase vinte dias. Pela proposta, o voto impresso seria uma segunda via de auditoria, independente do software da urna eletrônica, na qual as cédulas caem no repositório sem qualquer contato com o eleitor.

A previsão é de que a PEC seja rejeitada. Tal movimento foi fortalecido principalmente após onze partidos fecharem posição em defesa do atual sistema de votação. Além disso, o texto tem sido duramente criticado por juristas, ex-procuradores-gerais eleitorais e organizações da sociedade civil.

Fonte: https://congressoemfoco.uol.com.br/legislativo/na-vespera-do-recesso-comissao-tenta-votar-pec-do-voto-impresso/