Os coordenadores do Sindjuf-PA/AP, Elisabete Pereira e Ribamar França estiveram na manhã desta quinta-feira (03) na abertura da exposição “Círio: achado, trajetória e devoção”. A mostra conta a origem do Círio de Nazaré, considerada a maior festa religiosa dos paraenses.
 
A instalação, que tem a curadoria do artista plástico Emanuel Franco, é uma narrativa do encontro da imagem às margens do Igarapé Murutucu, pelo Caboclo Plácido. O circuito conta com 10 barcos, 10 casas e uma réplica da Basílica de Nazaré, todas produzidas em miriti.
 
O Sindjuf-PA/AP é um dos patrocinadores da exposição realizada pelo Centro Cultural do TRE-PA. A coordenadora do Centro, Luciana de Souza, ressaltou a importância da parceria, que vem contribuindo para a promoção da cultura entre servidores e público em geral.

“O Sindicato é nosso parceiro institucional. Consideramos esse apoio muito importante. Para essa exposição, especialmente, nos ajuda a valorizar a cultura paraense. O Sindicato que está sempre brigando por todos os direitos dos servidores, agora também está junto com a gente na demonstração desses talentos.”, declarou Luciana.

Emocionada, a coordenadora do Sindicato Elisabete Pereira diz que para ela o Círio é a mais bela demonstração de fé. “Todo mundo se emociona, todo mundo participa, chora, reza. A exposição está perfeita e graças a Deus que a gente está tendo esse espaço. A parceria do Sindicato é importante porque nós fazemos parte do corpo funcional do Tribunal”., diz ela.

Exposição tem pré-lançamento do CD “Novo tempo de Cantar”

Durante a abertura da exposição o servidor do TRE-PA e sindicalizado, Clayton Ataíde, realizou o pré-lançamento do seu 2º CD, intitulado “Novo tempo de Cantar”.
 
Com o projeto, Clayton pretende compartilhar um momento que ele chama de encontro com o “Criador”.
 
Uma das músicas do álbum “Shalom” fala sobre a paz de espírito, um preenchimento pleno, que de acordo com o cantor só pode ser alcançada através da pessoa de Jesus Cristo.
 
A música principal do CD que dá o nome ao álbum “Novo tempo de cantar” também traz uma mensagem de fé e esperança. A canção fala de um tempo de dificuldades que já passou, pois é chegado um tempo novas coisas, de esperança.
 
►Serviço: A mostra “Círio: achado, trajetória e devoção” será realizada de 3 a 25 de outubro, sempre das 8h às 15h, no Centro Cultural do TRE (rua João Diogo, 252 – Campina). A abertura será na próxima quinta-feira (3), às 10h. A entrada é franca.
 
O servidor Clayton Ataíde lançou a pré-venda do seu CD “Novo tempo de Cantar”. Para adquirir o CD (91) 98239-8893