segunda-feira, 6 dezembro, 2021
spot_img

Política de degradação ameaça preservação da Amazônia

As medidas antiambientais do atual Governo evidenciam uma política de retrocessos para o meio ambiente, em especial para a Amazônia ameaçada pelo desmatamento desenfreado que acarreta diminuição da biodiversidade entre outros problemas.

Segundo dados divulgados pelo INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) a taxa de desmatamento para os nove estados da Amazônia Legal Brasileira, entre o período de 1 de agosto de 2019 e 31 de julho de 2020, foi de 10.851 km2.

A taxa consolidada de desmatamento por corte raso para os nove estados da Amazônia Legal em 2020 foi de 10.851 km2

Os números representam um aumento de 7,13% em relação a taxa de desmatamento apurada  em 2019. Os valores apresentados para os estados do Pará, Mato Grosso, Amazonas e Rondônia corresponderam a 87,21% de todo desmatamento observado.

AÇÕES DO GOVERNO BOLSONARO PARA DESMONTARAS POLÍTICAS DE MEIO AMBIENTE NO BRASIL

Além do desmatamento, os problemas ambientais de maior incidência na Amazônia são as queimadas, assoreamento, poluição dos rios, atividades de exploração, entre elas a agrícola, pecuária, mineradora e a extração inadequada de madeira, atividades que em sua maioria são feitas sem estudo de impacto ambiental ou de maneira ilegal.

Para além do combate à degradação e à exploração criminosa e ambiciosa da Floresta e de seus recursos, a Amazônia também enfrenta o descaso e omissão do governo que desde o início da sua gestão vem tomando medidas contrárias ao meio ambiente, entre elas, o enfraquecimento do Ministério do Meio Ambiente, projetos que defendem o fim das reservas legais, freio na fiscalização, apoio a exploração em áreas de proteção ambiental, entre outras medidas que demonstram total desprezo a preservação da natureza.

15 pontos para entender os rumos da desastrosa política ambiental no governo Bolsonaro

O Ministério Público pediu o afastamento temporário do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles por suspeita de práticas de improbidade administrativa, com indícios de atuação contrária à proteção ambiental.  

Em favor de uma ampla mobilização da sociedade, o coordenador do Fórum Nacional Permanente em Defesa da Amazônia, Deputado Airton Faleiro (PT/PA) faz um chamamento para a Semana do Meio Ambiente 2021, e para consciência da importância da defesa da Amazônia e seus povos.

Veja no vídeo:

Imagem: Daniel Beltra / Greenpeace

Por Tainá Lima do Sindjuf-PA/AP

 

Latest Posts

spot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CADASTRE SEU EMAIL

PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS DIARIAMENTE.