Ferramenta foi criada para apoiar campanhas de pressão sobre o parlamento e nas causas defendidas pela Federação

Lutar contra um Parlamento extremamente hostil aos Direitos Sociais e Serviços Públicos e o pior: disposto às práticas mercantilistas e fisiológicas de benefícios em troca de votos. Eis a síntese do que representa o trabalho da Fenajufe, dos Sindicatos da base e Entidades dos Trabalhadores em geral, aliados aos Movimentos Sociais e da Sociedade Civil Organizada, que lutam pelo direito à dignidade do ser humano.

E é para reforçar essa luta – agora mais que nunca ante a ameaça da reforma Administrativa – que a partir de hoje a Fenajufe disponibiliza o Mobiliza Fenajufe!

A plataforma pode ser acessada pelo endereço https://mobiliza.fenajufe.org.br/ e nela está disponível o Carômetro dos parlamentares até o momento indicados para a Comissão Especial, a quem você poderá enviar mensagens de pressão – no caso dos deputados indecisos e favoráveis à reforma administrativa – ou de agradecimento, para os parlamentares que se declararam, declaram e se declararem contrários à PEC 32/2020a reforma administrativa.

Essas mensagens que você enviar poderão ser entregues ao WhatsApp, Facebook, Instagram e Twitter, bem como enviadas ainda por e-mail. As mensagens são personificáveis, se assim o desejar.

Um diferencial importante que a plataforma traz é o dossiê de cada parlamentar, contendo informações sobre maiores votações recebidas no estado de origem (municípios onde o parlamentar tem suas bases eleitorais) e o perfil de atuação no Congresso, que podem ajudar na abordagem e na estratégia de pressão presencial: piquetes nas proximidades de escritórios e residências dos parlamentares, buzinaços, vigílias em frente à residência do parlamentar; outdoor; carro de som rodando nos bairros da cidade com mensagem citando o deputado. Enfim, na formulação do plano de ação.

Arquivos

O ativista digital também encontrará na plataforma o arquivo trazendo Notas Técnicas sobre os impactos negativos da reforma administrativa em carreiras e na prestação de serviços às pessoas, ao cidadão.

Ainda pela plataforma será possível acessar, via hiperlink, o aglomerado (cluster) sobre a reforma administrativa, no site da Fenajufe.

Acréscimos

Segundo os gestores da plataforma, a ideia é que em breve outros mecanismos sejam acrescentados à plataforma. Um deles, já em fase de implementação, é o “Memória”, uma área no perfil do parlamentar, que mostra como o deputado, a deputada, o senador ou a senadora, se comportou em votações como o impeachment de Dilma Roussef – um golpe de estado que aprofundou os ataques aos Direitos Sociais, Trabalhistas e aos Serviços Públicos e patrimônio público, após a ascensão de Michel Temer e a posterior eleição de Jair Bolsonaro.

No “Memória” você ainda será lembrado da posição do(a) parlamentar nas votações da PEC do Teto dos Gastos, da reforma trabalhista e da reforma da Previdência, leis que aumentaram a pobreza, o desemprego, a fome, a miséria dos trabalhadores e, em contrapartida, multiplicaram a riqueza dos milionários.

Outro mecanismo a ser implementado em breve é a pesquisa nominal por parlamentar e  permitirá ser feita pela Unidade da Federação e partido político. A ferramenta já está em desenvolvimento.

MobilizaFenajufe! foi concebida e implementada pela Coordenação de Comunicação e Imprensa da Fenajufe, via equipes da Redação e da Tecnologia da Informação, sem prestadores de serviços externos.

Com a plataforma MobilizaFenajufe! a Fenajufe continua avançando na modernização de processos, ferramentas digitais e melhorias gerais – verdadeiras conquistas – implementadas pela 9ª Diretoria Executiva, cujo mandato teve início em Maio de 2019.

Comunicação

Entre essas conquistas, destaque-se a ampliação da equipe de Comunicação – anteriormente formada por um único jornalista e agora, com três contratados. A política de Estágios em Comunicação implementada na direção anterior foi mantida e ampliada, estendida a outros setores.

Ainda no setor de Comunicação figura com devida nota a contratação de agências especializadas em campanhas de mídia externas, tocadas em dois momentos cruciais: contra a reforma administrativa e mais recentemente, contra a PEC 186 e a reforma administrativa. Nesse período também figura a organização de campanhas internas voltadas aos sindicatos e aos filiados a esses sindicatos, para valorização da atividade dos servidores e servidoras do Judiciário Federal e MPU.

Registro Sindical

Do panteão das conquistas, a que mais articulação exigiu veio já este ano: a Fenajufe conseguiu a Carta Sindical, publicada em 7 de maio: O despacho deferindo o pedido do Registro, assinado pelo Coordenador-Geral de Registro Sindical, Joatan Batista Gonçalves dos Reis, laureou a página 61 da Seção 1, nº 85, de 7 de maio de 2021:

O Coordenador-Geral de Registro Sindical, no uso das suas atribuições, considerando a regularidade do processo e com fundamento na Nota Técnica SEI nº 20978/2021/ME (15536133), resolve: DEFERIR o registro sindical à FENAJUFE – Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário Federal e Ministério Público da União, CNPJ 37.174.521/0001-75, Processo n° 19964.106120/2021-92 (SC21006), com abrangência Nacional, para a seguinte representação: Coordenação das entidades a ela filiadas que tenham a representação da categoria dos trabalhadores do Judiciário Federal e MPU, nos termos do inciso VI do art. 21 da Portaria 17.593/2020 (Despacho AQUI)

E a conquista do Registro gerou frutos. Já em maio deste ano foi deferida pela Secretaria de Economia do Distrito Federal, a isenção do pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) para a Fenajufe. A medida gera economia substancial já neste momento, uma vez que a atual sede é fracionada em salas e cada imóvel tem seu recolhimento próprio.

Nova sede

Destaque ainda para a aquisição da nova sede, para resolver um dos mais graves problemas de acessibilidade, do qual padecia a Fenajufe e era razão de muitas críticas: acesso às dependências da Federação garantido a todos os servidores e a todas as servidoras, sem barreiras ou equipamentos urbanos que impeçam o acesso, como acontecia com as escadas que serviam à antiga sede.

A nova sede ainda conta com moderno projeto de sonorização e tecnologia inclusiva para o auditório, que permitirá a realização de eventos e encontros.


Memória: 

– Nova sede da Fenajufe: acessibilidade, conforto e mais espaço para atender à luta dos servidores do PJU e MPU

Curso de Formação

Ponto também que precisa destaque foi o Curso de Formação de Lideranças com foco na Administração Pública, a Reforma Administrativa e os impactos no Serviço Público, realizado de março a abril de 2021. Com quase 3 mil inscritos, o curso foi sucesso de público e trouxe para o debate acerca do impacto negativo da PEC 32, nomes de grande expressão na análise da conjuntura atual de ataques aos Serviços, Servidoras e Servidores Públicos.

Próximo etapa das melhorias programadas é a inauguração da nova sede da Fenajufe, dando início às comemorações pelos 30 anos da Federação, a serem comemorados em 2022, com anúncio do calendário de eventos em elaboração, para até abril daquele ano.

Mobilização

Para aumentar a pressão contra a reforma administrativa, a Fenajufe orienta aos sindicatos a particupação ativa nos eventos do calendário de ação deliberado no Fonasefe:

– Dia 30 de junho: Entrega do Superpedido de Impeachment de Bolsonaro e ato em Brasília em frentes a Alameda das Bandeiras as 17 horas.
– Dia 1º de julho: Plenária Nacional de Lutas Populares, às 18h, para organizar os atos nacionais
– Dia 3 de julho: 3º Ato Nacional #ForaBolsonaro em todo o território nacional e no exterior
– Dia 24 de julho: 4º Ato Nacional #ForaBolsonaro em todo o território nacional e no exterior

Fonte: Fenajufe