Conforme determinação do CNJ, prevista na Resolução de n.º 351/2020, que dispõe sobre a Política de Prevenção e Enfrentamento do Assédio Moral, Assédio Sexual e da Discriminação nos Órgãos do Judiciário, o TRE-PA encaminhou ofício ao Sindjuf-PA/AP e este indicou representantes para compor a comissão de prevenção que será instituída pelo Tribunal.

O combate às práticas de assédios e discriminação nos órgãos do judiciário tem sido pauta histórica do Sindicato, que ao longo dos seus 23 anos de existência trabalha a temática entre a categoria. 

Os servidores que irão representar o Sindjuf-PA/AP nas comissões do Tribunal, serão: Judiron Rodrigues de Carvalho (representante das secretarias) e Alda Simone Vidal Góes (representante dos cartórios eleitorais), ambos servidores do Regional. Ainda serão eleitos dois servidores, um da capital e um do interior, entre os servidores do quadro para compor também a Comissão.

O Sindicato acredita em um trabalho digno, saudável e seguro, e mais uma vez está trabalhando para evitar que as práticas de assédio e discriminação afetem a vida dos servidores, comprometendo suas saúdes físicas e mentais.