segunda-feira, 6 dezembro, 2021
spot_img

Sindjuf-PA/AP lamenta falecimento de jovem cientista vítima da Covid-19

A perda prematura de Nilton Barreto dos Santos, 34, mais um jovem vítima da Covid-19, demonstra como o vírus age de forma desconhecida, vitimando até mesmo pessoas consideradas fora do grupo de risco.

O jovem, com uma carreira brilhante, estudava pós-doutorado em farmacologia no ICB da USP, mas na madrugada dessa quarta-feira, em São Paulo, essa trajetória foi interrompida por uma doença que vem roubando a esperança de milhares de famílias brasileiras que também convivem com o luto. 

Nilton estava se preparando para uma temporada de pesquisas no Hospital em Mount Sinai, em Nova York, quando foi acometido pela doença e passou dois meses na UTI lutando pela vida.

A mesma doença que ele vinha estudando, o levou. Nilton ajudava outros pesquisadores a entender a ação da SarsCov-2 no cérebro.

Em favor da ciência, assim como Nilton em vida se dedicava, a família decidiu doar alguns órgãos para pesquisa na faculdade de medicina da USP. Dessa forma, eles acreditam que estarão mantendo o legado de amor do Jovem pela Ciência. 

A morte de Nilton, não é um caso isolado, ela reforça a necessidade da vacina, único meio para combater o vírus e que por conta de uma política nefasta ainda não está disponível para toda a população.

Nilton era sobrinho da funcionária do Sindjuf-PA/AP, Marilza Sena, a Mary como conhecemos. O Sindicato, mais uma vez se une a dor desta família e presta condolências por mais essa vida que se foi precocemente.

O Corpo de Nilton foi cremado na manhã de hoje em São Paulo e as cinzas serão levadas para Abaetetuba-PA onde ficará com sua avó.

Latest Posts

spot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CADASTRE SEU EMAIL

PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS DIARIAMENTE.