Apesar da transmissão do Covid-19 se dá principalmente por contato com pessoas infectadas ou objetos e superfícies contaminadas, a Justiça Eleitoral não descartou a realização das eleições municipais de 2020. Pelo contrário, o TSE que vem defendendo a preservação do princípio democrático e o direito ao voto periódico, apresentou no início deste mês, através de entrevista concedida pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, um plano com protocolos sanitários que devem ser adotados durante as eleições.

O Plano de Segurança Sanitária para as Eleições Municipais de 2020 foi elaborado pela consultoria sanitária gratuita formada por especialistas da Fiocruz e dos hospitais Sírio Libanês e Albert Einstein.

As orientações sanitárias elaboradas pela consultoria sanitária serão apresentadas à população por meio da campanha “Vote com Segurança”, que será exibida nas rádios e televisões de todo o país a partir de outubro.


Veja o Plano de Segurança Sanitária para as Eleições 2020