Em reunião com o Sindjus, na tarde desta segunda-feira (8), a presidenta do STM, Maria Elizabeth, defendeu que os tribunais superiores ajam em conjunto na defesa da autonomia do Poder Judiciário e da recomposição salarial de servidores e magistrados.

A presidenta já se reuniu com o advogado-geral da União, ministro Luís Adams, para fazer essa defesa e garantiu que vai conversar com o ministro Lewandowski nos próximos dias. Segundo ela, a perda de quadros e a falta de atratividade da carreira levam a uma realidade muito ruim no âmbito da Justiça Militar.

Combate à fragmentação

O Sindjus, que participou da reunião com os coordenadores Beto Sampaio e Cledo Vieira, reforçou a importância da ministra buscar os demais presidentes e assumir o protagonismo necessário a essa luta. Lembrou que o STM foi um dos primeiros tribunais a se posicionar de forma veemente contra a fragmentação do Judiciário.

A presidenta Maria Elizabeth se comprometeu a levar esse tema ao ministro Lewandowski.

Fonte: SINDJUS-DF