Autorizado a participar do processo administrativo que investiga as condições estruturais do prédio Anexo V do TRT8ª, o Sindjuf-PA/AP acompanhou nessa quarta-feira, 16, uma vistoria feita pelo Centro de Perícias Científicas Renato Chaves no prédio.

Durante a inspeção, ficou constatado que a estrutura do prédio não corre risco de desabamento.

O Sindicato havia tomado conhecimento de que o prédio apresentava possíveis problemas estruturais e que o aparecimento de fissuras nas paredes poderia comprometer a segurança de servidores, usuários, bens públicos e particulares.

“ A preocupação dos servidores era grande, por isso nós ingressamos no processo com o objetivo de verificar se a estrutura representava risco à integridade física tanto dos servidores como dos jurisdicionados”, explica a Assessora Jurídica do Sindicato, Dra. Lara Iglezias, que acompanhou a vistoria.

De acordo com a advogada foram realizados vários testes que descartaram a possibilidade de desabamento e que detectaram que as pequenas fissuras nas paredes fazem parte da movimentação da estrutura, um processo comum em prédios com menos de 5 anos, como no caso.

A vistoria foi solicitada pela Exma. Des. Vice-presidente do Tribunal, Desembargadora Mary Anne Medrado, que também acompanhou a inspeção na companhia do presidente da Amatra 8.ª, Juiz Saulo Marinho Mota e do Chefe da Divisão de Manutenção e Instalações Prediais (DIMOP), Alexandre Henriques Vergolino.