domingo, 26 junho, 2022
spot_img

Visita ao Congresso marca segundo dia de atividades da delegação do Sindjuf-PA/AP pela reposição salarial em Brasília

Em continuidade às atividades da Mobilização Nacional Pela Reposição Salarial da categoria, os representes do Sindjuf-PA/AP, o servidor Arcelino Barros (JF-PA) e a servidora Angela Alves (JF-AP) estiveram hoje (22) pela manhã com dirigentes da Fenajufe e representantes de outros sindicatos no Congresso Nacional, em Brasília.

As articulações foram feitas na Câmara dos Deputados e no Senado com visitas aos gabinetes. Entre os senadores visitados pelo grupo está o Senador Lasier Martins (PODEMOS/RS), Esperidião Amin (PP-SC) e Carlos Portinho (PL/RJ).

A pauta entregue aos parlamentares continha temas como NS, recomposição salarial, emendas à LDO 2023, quinquênios e desjudicialização.

Os representantes da categoria apresentaram um parecer que demonstra que a emenda do PL 3662/2021, que transforma cargos vagos de Técnicos Judiciários em cargos de Analistas, não é inconstitucional e pode ser aprovada pelo Senado. O parecer contrapõe os argumentos de uma nota técnica que assessoria do Senado publicou, contrária ao NS. A matéria foi aprovada na Câmara com duas emendas construídas pela Fenajufe. A proposta agora tramita no Senado.

Manifestação no STF

No final da manhã, os servidores realizaram um ato simbólico no STF, para, mais uma vez, exigir do Ministro Fux uma posição à Recomposição Salarial da Categoria. 

Reunião com senador Paulo Rocha

Após articulação do Sindjuf-PA/AP, por volta das 15 horas, os representantes reuniram-se com o Senador Paulo Rocha (PT/PA), quando trataram da PEC 63/2013 (Quinquênios), PL 3662/2021 (NS) e da questão da Desjudicialização da Execução Fiscal. O senador Paulo Rocha se predispôs a apoiar as demandas da categoria.

Latest Posts

spot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CADASTRE SEU EMAIL

PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS DIARIAMENTE.