sexta-feira, 9 dezembro, 2022
spot_img

TRE do Pará inicia a Preparação de Urnas para as Eleições 2022

Parte do processo eleitoral, a preparação garante o bom funcionamento das urnas. A ação pode ser acompanhada por partidos políticos e instituições convidadas. No domingo, às 9h30, a imprensa também é convidada a acompanhar o preparo.

O Tribunal Regional Eleitoral do Pará abriu oficialmente na última sexta-feira (16/09) a etapa de Preparação de Urnas que serão utilizadas no 1º Turno das Eleições 2022, em 02 de outubro, em todo o Estado. Entre os dias 17 e 24 de setembro são inseridos nelas os sistemas: operacional, de votação e de justificativa. São convidados a estar presentes neste momento, os partidos políticos e diversas instituições, como a Ordem dos Advogados do Brasil e o Ministério Público.

É por meio da chamada Mídia de Carga que todos os dados e aplicativos necessários são inseridos na urna eletrônica, incluindo-se a Mídia de Votação e a Mídia de Resultado de Votação; realiza-se ainda o autoteste dos componentes da urna; e por último é feita a reinicialização do sistema para verificar se a configuração ocorreu com sucesso.

As urnas configuradas são então lacradas. Os lacres serão assinados pelo juiz eleitoral, bem como pelas autoridades e partidos presentes. Cada jogo ou cartela de lacres possui um número devendo-se utilizar em cada urna os lacres de um mesmo jogo. E junto ao extrato de carga que será anexado à ata da audiência é colada a etiqueta de numeração do jogo de lacres utilizado na urna. 

Antes da lavratura da ata, os lacres não utilizados são acondicionados em envelope, que é lacrado com a assinatura dos presentes e fica sob a guarda da zona eleitoral para preparação de urnas supervenientes (como ocorre no caso de urnas sorteadas para a Auditoria da Votação Eletrônica e que precisam ser substituídas). 

Na capital – Parte das urnas que atendem à Região Metropolitana de Belém passam pela preparação no domingo (18/9), a partir das 8h, no depósito de urnas, em Ananindeua, com a presença da presidente do TRE Pará, desembargadora Luzia Nadja Guimarães, representantes da OAB, Ministério Público e Forças de Segurança. Pela proximidade com a capital, as urnas eletrônicas já preparadas no depósito devem ser levadas para os locais de votação nas vésperas do pleito.

Foto/Crédito: TSE

Fonte: Lais Azevedo / Ascom TRE do Pará.

Latest Posts

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CADASTRE SEU EMAIL

PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS DIARIAMENTE.